junho 12, 2007

Descobertas


Descobri que com você... não sou parte,
Sou arte,
Descobri que com você... não sou sonho,
Sou realidade,
Descobri que com você... não preciso de limites,
Sou liberdade,
Descobri que com você... não sou só humana,
Sou selvagem,
Descobri que com você... não há diferenças,
Somos igualdade,
Descobri que com você ... eu sou..
COMPLETA.

17 comentários:

simaocireneu disse...

Esfinge, por que estou começando a achar que V. é a versão feminina do Jorge, disfarçada neste blog?
Amplexos!
Simão

Anônimo disse...

Descobri com você...que posso chorar mansinho de tanto amor.

J@de disse...

Ai que fofo!! Tá cada vez mais inspirada né?
Beijos!

crisblog disse...

Amei amiga..ainda mais com o Simão na área...mas o que eu gostei mesmo foi do SELVAGEM !!!!

rsrsrs

Beijos!

vivi disse...

Que lindo, Esfinge...Que lindo...
É o amor que inspira, não?

Aproveite o dia dos namorados...

Agora, aproveitando o local: SIMÃO, vê se volta logo, por favor...Fiquei triste, hein!
Beijos!

Edson Marques disse...

Esfinge,




Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.


Abraços, flores, estrelas..

Menina do mar disse...

Lindo, Esfinge!
Como é bom AMAR!

Rubina disse...

Muito bonito. Parabéns Segredos. Abraço

minds disse...

Descobri.... que cada vez mais adoro o teu blog...

Em breve te irei lançar um desafio no meu cantinho... fika atenta!!!

bjao

Osc@r Luiz disse...

Esfinge,

Cada vez me convenço mais que sim, você é completa!
Beijos!

minds disse...

Obrigado pelo desafio!!!

Ja tinha feito... prokure no meu blog e veja tb as minhas respostas...

Bjo

Emilia disse...

Como é que Vc conseguiu uma síntese tão bem elaborada?!!!Estou achando que Simão é capaz de ter alguma razão. Vc é alma de poeta também, sim.Como Jorge.
Bj

Rubina disse...

Já respondi ao desafio. Beijinhos

Segredos da Esfinge disse...

Cireneu,
Não ofenda assim nosso poeta Jorge.
Se eu tivesse o 2% do dom de criação do poeta, escreveria a dia inteirinho.
Abraços

Anônimo,
Nem todo choro é de dor, pode ser sim de amor.
Beijos


Jade,
Basta haver vida para existir inspiração, quando não existe eu invento.
Bjos


Cris,
Tudo que há de mais belo na natureza esta no mundo selvagem e irracional, pois é sempre puro e verdadeiro.
Bjo

Vivi,
Vou aproveitar a inspiração para dar conta do trabalho, cada um comemora o dia dos namorados como pode, o meu será com meus relatórios finaceiros.
Bjos


Edson,
É exatamente o que faço.
Flores, abraço e beijos

Menina do Mar,
É sim, mesmo que seja amor próprio.
Bjos

Rubina,
Obrigada.
Beijinhos

Minds,
Beijinho... vou ficar atenta.

Segredos da Esfinge disse...

Oscar,
Bondade sua.
Bjos


Emília,
Mãezinha ... vc e Simão estão acabando com o poeta Jorge...
Eu só deixo a alma feminina falar.
Beijinhos

jorge disse...

barabéns, segredos.
gostei muito do poema.

Segredos da Esfinge disse...

Jorge,
Obrigada...
Não some tá!
E não deixei de mandar seu poemas, você sim faz poemas.
Beijinho

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin