dezembro 27, 2007

Pedacinhos

Minha estranha loucura
É tentar descobrir que o melhor é você
Você não sabe
Mas é que eu tenho cicatrizes que a vida fez
Não quero seu amor por um momento
E ter a vida inteira p'ra me arrepender.
Eu tenho mil razões
Para lhe perdoar
Por amar...
Se você não vem comigo
Nada disso tem valor
De que vale um paraíso
Sem Amor...
Me pego toda hora
Querendo te ver
Olhando pras estrelas
Pensando em você
A tristeza logo passa
Chega
Vem correndo, vem, me abraça
Olha
Satisfaz o meu desejo
Molha
Minha boca nesse beijo

4 comentários:

Edson Marques disse...

Beija-flor,

Gostei do teu comentário deixado no blog Mude, e da tua forma original de se apaixonar todo dia!



Que teu 2008 seja repleto de abraços, chocolates, flores, amores, estrelas, música, tempo e compreensão.

paula barros disse...

Oi querida, obrigada pela confissão. Esta música é o que tenho sentido ultimamente.
beijos

Rubina disse...

E há lá melhor forma de começar o domingo. Beijos e um óptimo 2008.

Mari disse...

Pedacinhos de muito amor...

Bjs

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin