janeiro 16, 2008

Final de Inferno Astral! Será?

Dizem que:
"Inferno Astral é o período de 30 dias que antecede a data de seu aniversário. Nessa época, a cada ano, você fica mais sensível e precisa se dar a si mesmo(a) mais atenção. Durante essa fase, recomenda-se fazer um balanço de sua vida e quando se deparar com problemas, esforce-se por resolvê-los. "
Que os anjos digam: "Amém".
Jô Soares - parabéns pra você também.


Aniversário

Fernando Pessoa
(Álvaro de Campos)


No TEMPO em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga, até eu fazer anos era uma tradição de há séculos,
E a alegria de todos, e a minha, estava certa com uma religião qualquer.

No TEMPO em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de não perceber coisa nenhuma,
De ser inteligente para entre a família,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças.
Quando vim a olhar para a vida, perdera o sentido da vida.

Sim, o que fui de suposto a mim-mesmo,
O que fui de coração e parentesco.
O que fui de serões de meia-província,
O que fui de amarem-me e eu ser menino,
O que fui — ai, meu Deus!, o que só hoje sei que fui...
A que distância!...
(Nem o acho...)
O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!

O que eu sou hoje é como a umidade no corredor do fim da casa,
Pondo grelado nas paredes...
O que eu sou hoje (e a casa dos que me amaram treme através das minhas
lágrimas),
O que eu sou hoje é terem vendido a casa,
É terem morrido todos,
É estar eu sobrevivente a mim-mesmo como um fósforo frio...

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...
Que meu amor, como uma pessoa, esse tempo!
Desejo físico da alma de se encontrar ali outra vez,
Por uma viagem metafísica e carnal,
Com uma dualidade de eu para mim...
Comer o passado como pão de fome, sem tempo de manteiga nos dentes!

Vejo tudo outra vez com uma nitidez que me cega para o que há aqui...
A mesa posta com mais lugares, com melhores desenhos na loiça, com mais copos,
O aparador com muitas coisas — doces, frutas o resto na sombra debaixo do alçado —,
As tias velhas, os primos diferentes, e tudo era por minha causa,
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos...

Pára, meu coração!
Não penses! Deixa o pensar na cabeça!
Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!
Hoje já não faço anos.
Duro.
Somam-se-me dias.
Serei velho quando o for.
Mais nada.
Raiva de não ter trazido o passado roubado na algibeira!...

O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!...


7 comentários:

paula barros disse...

Parabéns para você nesta data querida....Tudo de bom, felicidades, paz interior, tranquilidade. Parabéns para mim por ter vc como amiga virtual, está sendo muito bom. Desejo o seu bem, de todo coração. Pode contar comigo beijos.
Paula

Anônimo disse...

O Sol renasce a cada dia. Às vezes atrás de algumas nuvens, ele está lá, mantendo a vida.
E hoje ele renasce especialmente pra você.
Comemore este Sol que é só seu e que tem algo a ensinar:
Todo dia é dia de renascer e transformar a vida.
Feliz Aniversário para você, com muita saúde e sucesso em suas realizações.

Edson Marques disse...

Que o teu aniversário seja sempre uma festa!


Pelso próximos cem anos, pelo menos.


Abraços, flores, estrelas..

J@de disse...

Hoje é dia do seu aniversário, parabéns, parabéns, fazem votos que vá ao centenário os amigos sinceros que tem!! hehehehehe!!
Seu post-homenagem já tá lá!!
Beijos!!

Bete disse...

Oi maravilhosa. Já te liguei duas vezes. Mas só quero dizer:

Feliz Aniversário!!

Eu determino que seu dia seja o mais belo, gostoso, cheio de alegrias e surpresas agradáveis. Que Deus lhe conceda muita saúde, paz e amor.
Quero que seja muuuuuiiiittooooo feliz mesmo, porque merece de verdade.
Lembre-se quando algo dói muito e ninguém consegue te ajudar. Lembre-se que Deus está a escutando de verdade, e quando você pedir e ele responder você verá como é bom, terá a certeza de que nunca está sozinha.
Um beijão. Estou te escrevendo porque vou fazer um serviço externo e não sei se consigo te ligar a tempo.
Mas você sabe que te goooosto e desejo tudo de bom pra ti.
Beijoca

Menina do mar disse...

Muitas Felicidades querida Amiga!
Que o bom astral te guie para sempre!
Um beijo enorme!

Osc@r Luiz disse...

Vou dar os parabéns atrasados aqui, mas é que eu custei pra chegar. Assim que li seu comentário lá em casa, na mesma tarde eu fiz um update no post do aniversário da Rosa. Não sei se viu, acredito que sim. Não coloquei link por que nem todo mundo tem acesso ao seu blog. Mas lá ficaram até alguns parabéns pra voce nos comentários.
Então, querida, parabéns e seja muito feliz!
Beijo!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin