março 07, 2008

Laços

Não necessitamos de correntes para prendermos ao que / a quem amamos, criamos então laços. Sim, laços de afetividade, laços de cumplicidade. laços de ternura ... Laços... que nos enlaçam .
Veja o vídeo...

Assiste ...
.
.

Um comentário:

paula barros disse...

Muito bom essa dos laços. Por vezes queremos usar no outro, ou o outro em nós, correntes de ferro, com aquelas bolas pesadas amarrados nos pés.
Tudo seria bem fácil se fosse só fitas coloridas, com laços sem nós.
abraços, linda.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin