fevereiro 12, 2009

Desafiando o Tempo

Muito sem graça não ter tempinho de ler diariamente os blog´s.
Eu que adoro os "DESAFIOS", estou atrasada com dois.
Mas eu vou dar um jeitinho nessa falta de tempo e vou responder aos dois desafios ao mesmo tempo.
Foi-me passado um meme pela Menina do Mar:

1 -Agarrar o livro mais próximo

2 - Abrir na página 161

3- Procurar a quinta frase completa

4 - Colocar a frase no blog

5 - Passar o desafio a cinco


1) O Livro: FONTE VIVA FRANCISCO CANDIDO XAVIER DITADO PELO ESPÍRITO EMMANUEL

2) Página 161 - " Firmeza e Constância"

3 e 4) Fugindo a regra, vou deixar o texto completo:

Firmeza e Constância

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão." - Paulo. (I Coríntios, 15, 58. )

Muita gente acredita que abraçar a fé será confiar-se ao êxtase improdutivo.
A pretexto de garantir a iluminação da alma, muitos corações fogem à luta, trancando-se entre as quatro paredes do santuário doméstico, entre vigílias de adoração e pensamentos profundos acerca dos mistérios divinos, esquecendo-se de que todo o conjunto da vida é Criação Universal de Deus.
Fé representa visão.
Visão é conhecimento e capacidade de auxiliar.
Quem penetrou a "terra espiritual da verdade", encontrou o trabalho por graça maior.
O Senhor e os discípulos não viveram apenas na contemplação.
Oravam, sim, porque ninguém pode sustentar-se sem o banho interior de silêncio, restaurando as próprias forças nas correntes superiores de energia sublime que fluem dos Mananciais celestes A prece e a reflexão constituem o lubrificante sutil em nossa máquina de experiências cotidianas.
Importa reconhecer, porém, que o Mestre e os aprendizes lutaram, serviram e sofreram na lavoura ativa do bem e que o Evangelho estabelece incessante trabalho para quantos lhe esposam os princípios salvadores.
Aceitar o Cristianismo é renovar-se para as Alturas e só o clima do serviço consegue reestruturar o espírito e santificar-lhe o destino.
Paulo de Tarso, invariavelmente peremptório nas advertências e avisos, escrevendo aos coríntios, encareceu a necessidade de nossa firmeza e constância nas tarefas de elevação, para que sejamos abundantes em ações nobres com o Senhor.
Agir ajudando, criar alegria, concórdia e esperanças, abrir novos horizontes ao conhecimento superior e melhorar a vida, onde estivermos, é o apostolado de quantos se devotaram à Boa Nova.
Procuremos as águas vivas da prece para lenir o coração, mas não nos esqueçamos de acionar os nossos sentimentos, raciocínios e braços, no progresso e aperfeiçoamento de nós mesmos, de todos e de tudo, compreendendo que Jesus reclama obreiros diligentes para a edificação de seu Reino em toda a Terra.
Autor: Emmanuel
Psicografia de Chico Xavier. Livro: Fonte Viva


5 - Os escolhidos: Os que desejarem

**********


Cidade de São Paulo

1. Escolher o nome da cidade, atual ou da antiguidade, cujo nome ache o mais bonito entre todos os nomes de cidade que você conhece.

2. Postar uma foto dessa cidade

3. Escrever algo, ou alguma referencia sobre a cidade escolhida.

4. Indicar três pessoas para fazerem a mesma coisa
.

A cidade escolhida Cidade de São Paulo.
Parece nada original, mas há um explicação.
Foi aqui que nasci, aqui eu pari, o início de tudo.
Lugar que me acolhe, que me garante o pão, onde amei, onde chorei.
E só há um modo de dizer o que é São Paulo.

São Paulo.
O céu submerso em prédios.
O céu poligonal.
Os restos.

A pobreza se dissipa em São Paulo. Tão burguesa!
E tenho a sensação de que estou mergulhado numa cidade infinita.

São Paulo e seus segredos,
…Seu vestido de néon
…Seu tailleur parisiense
…Seu modelito de Faoze Haten
…Seu vestido de chita
…Seu pé descalço;
…Inflamado;
…Apodrecido;

Avenida Paulista.
Limiar da decadência.

De um lado:
Minhas putas,
botecos nordestinos,
carcamanos,
arcaicas cantinas,
teatros em reforma,
sempre em reforma,
sarjetas,
Dom Orione,
Brigadeiro rumo ao centro,
Praça Roosevelt.
Meus mendigos.

Por ali, ao lado da escadaria que cheira a mijo,
pertinho do Ruth Escobar, me disseram, o pessoal ia beber no Garufas.
O Geraldinho da Jerupinga, da conta negativa, da cocaína.
O Amigo Gianotti.
Focaccia e cerveja.

O desejo de pobreza do que restou da esquerda;
O desejo de riqueza de quem vive nos cortiços.

O Bixiga é um cortiço.
São Paulo é uma gambiarra.

Do outro lado: os jardins.
Apartamentos de mil metros quadrados com maçanetas douradas, banhadas a ouro.
Quadros de Portinari, ó coitado!
Pisos e escadarias em mármore,
de granito ou madreperolados!

Restaurantes requintados;
Refinados;
Concorridos;
Muito caros.
Figueira Rubayat,
Ritz,
Supremo,
Bar Balcão,
Roane,
Casa do padeiro.

Na Consolação, os meninos e as meninas
ouvem música pop inglesa produzida por computadores.
E dançam em ecstasy.

Artistas e boêmios
De um e doutro lado

São Paulo. Meu São Paulo.
Onde está você, Mário?
Me diga o que sobrou, Piva?

O que não é poesia,
É concreto armado.
É o homem armado,
Sem versos, nem rima.

Paulicéia desvairada, paranóica, avariada,
corrompida, conservadora e empedernida.
Divertida, flamejante, pluriétnica,
sodomita, cosmopolita, cibernética.

Só sobraram os malditos?
E nós? E as fogueiras, Mário?
Ainda estamos aqui.

São Paulo, meu São Paulo.
São sempre brancos e ricos
os ocultistas defensores de seu gigantismo mórbido.
Os que lhe corroem as entranhas,
Os que lhe sugam a esperança.

São Paulo, meu São Paulo,
Que saudade! Que cansaço dos cansados!

Em São Paulo
Sinto-me perdido a três quarteirões da minha casa.
Sinto-me em casa.

(Autoria: Rodrigo Savazoni)
Blog's escolhidos: Os que desejarem

7 comentários:

citadinokane disse...

Minha amiga,
Com muita emoção revejo o livro de minha cabeceira e que ficou em algum lugar... perdido... e aqui, eu, um tanto aturdido por reler a mensagem que me embalava... por que tão emotivo, né?
São Paulo é um paradoxo, mas vale a pena vivê-la.
bjs

Menina do mar disse...

(:

Eu disse...

Mas que sintonia, hein??? Mas esta cidade é realmente apaixonante! E se você gosta de leitura Espírita, tenho um livro que acabei de ler para te indicar... terminei agora e gostei muito!
- Até Que A Vida Os Separe
Mônica de Castro - ditado por Leonel
Ed. Vida e Consciência

Beijo grande!

Deusa Odoyá disse...

Olá minha docve aiga.
Não conhecia essa obra literária, vou procurar.
Uma semana de muitas bençãos para vc.
Muita paz, luz e amor.
Beijinhos doce de sua amiga.
Regina Coeli.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
Que vc. seja feliz em sua cidade.

Um Piá do Sul disse...

Acertou novamente, principalmente pela escolha do livro. Tu sabes que como espírita, gostaria de ler esse livro. A cidade de São Paulo, nunca me interessei em conhecê-la até conhecer você. Agora a história é outra. Apesar da poluição, barulho e outras mazelas, mas por vc eu piso na terra da garoa.

Beijos

manzas disse...

Redigi no pulsar
Do meu ser
Uma valiosa
Carta guardada...
O sol não nascerá
Sem que passe por lá
Para a ler,
Ou ela será
Lacrada.

(rss)

Obrigada pela visita
e comentário
Que deixou no meu

Pensamentos

O eterno abraço...

-MANZAS-

KHAOS disse...

CODINOME BEIJA-FLOR DIZ:
bom seria se alguns dos nossos pensamentos também "entrasse por uma janela e saísse por outroa".
Abraços


VERDADE, MAS NO FIM ESTARIAM "SOLTOS" POR AI... HÁ PESSOAS DE POUCA SENSIBILIDADE OU REAIS... DESTAS QUE NÃO EMPRESTAM A PRÓPRIA CARNE A NAVALHA... QUE PREFEREM SEMPRE CULPAR ALGUÉM, OU AOS DEUSES. DESSAS QUE NÃO SÃO,TOTALMENTE HUMANAS,DE FORMA INTEIRA...
DAI PENSO QUE BOM , QUE NA MAIORIA DAS VEZES ELE FICA POR AQUI... EM SUA MASMORRA DE PORTAS ABERTAS ... AONDE, POSSO PASSA-LOS E RECEBER DE VOLTA DE/E/PARA PESSOAS QUE VALEM MESMO À PENA.
ABRAÇO FRATERNO E TUDO DE MELHOR SEMPRE!!!
EMERSON ALMEIDA.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin