outubro 26, 2006

Elegância

Nem tudo podemos encontrar nos livros, manuais, em salas de aula ou cursos de aperfeiçoamento.
Como por exemplo, a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.
Nas pessoas que escutam mais do que falam.
E quando falam, passam longe das maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz.
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.
É possível detectá-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem cumpre o que promete.
E, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro.
É elegante retribuir carinho e solidariedade.
Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante.
Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.
Educação enferruja por falta de uso.

2 comentários:

Emilia disse...

É tal como diz. Aquilo a que se pode também chamar estilo está aqui tão bem caracterizado como elegância.É realmente qualquer coisa de natural e não imitável que faz com que uma pessoa se imponha pela sua presença agradável, palavras, gestos e atitudes que parecem sempre ser adequados e uma forma de estar atento aos outros sem se descurar de si próprio em nenhum momento.
Gostei imenso deste post.
Bjinho

J@de disse...

Hum... eu bem sou uma pessoa elegante!! hehehehe!!
E vc também!!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin