novembro 05, 2006

Voar


Pode até me empurrar de um penhasco, que eu vou dizer:

E daí??

Eu adoro voar

3 comentários:

Emilia disse...

Q bom seria se pudessemos mesmo voar, sem nos despedaçarmos em baixo! Isto em sentido real, pq em sentido figurado, até q sempre conseguimos alguns voos ao longo da vida, não é mesmo?
Bjinhos e bons voos.

Segredos da Esfinge disse...

Emilia,
Minha linda, só no sentido figurado mesmo rsrsrs.
Quando solto a imaginação, meu vôo é leve, é solto. Isso faz um bem enorme.
Beijos

Joana disse...

É assim mesmo, adorar, pode até ser tipo boneco animado, que chega ao penhasco e continua a andar e só quando se apercebe do drama é que cai. Se chegarmos ao penhasco e pensarmos que conseguimos voar, que importa se estamos num penhasco! :)
Adorei o blog!
Bjinhos

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin