janeiro 01, 2007

Esperança


Novamente acendi uma chama.
Na verdade nem tenho muita esperança de algo novo para 2.007.
De qualquer modo é melhor deixar o caminho iluminado, quem sabe a esperança resolva me procurar.

9 comentários:

Blanche disse...

Um novo ano feliz e esperançado, querida Segredos! Um beijinho da blanche!

Emilia disse...

Fez bem acender essa luzinha para ajudar a iluminar o caminho. A esperança está já, quase, quase chegando. Abra a porta, para ela entrar!
Beijinho

rodrigo disse...

Nunca despreze a capacidade da vida nos surpreender, Feliz Ano Novo! Beijão!

Andorinha... disse...

oi Esfinge!
Mudança de layout para o ano?
Que bom; o rosa é sempre esperança de amor e com amor, todas as demais virtudes se exacerbam.
Um grande ano pra vc,
seja feliz e realize seus sonhos, sempre com fé e esperança.
Um grande beijo tb,
andorinha

J@de disse...

Adorei a carinha nova do blog!!
Tenho certeza que será um ótimo ano para você, de muitas realizações!!
Mil beijos!!

Segredos da Esfinge disse...

Blanche,
Um beijinho especiall também, que os anjos digam amém, aos nossos sonhos.

Emília,
Vou deixar sim o caminho iluminado, quem sabe dá certo.
Beijinhos

Rodrigo,
Não desprezo jamais, eu espero mesmo as surpresas da vida.
Beijos

Andorinha,
Que lindo...seu comentário.
Desejo o mesmo para você.
Beijinho

Jade,
Eu ainda não me acostumei com a nova cara, mas ao menos mudei alguma coisa.
Espero que você também alcance seus objetivos.
Um 2007 cheio de coisas boas.
Beijinho

jorge disse...

olá, também gosto da nova aparencia do blog.

um beijinho

Segredos da Esfinge disse...

Jorge,
Acho que vou adotar mesmo essa nova carinha para o blog, já que agrada vocês.
Beijinho

Emilia disse...

Ihh, que lindo, blog de carinha rosa! Quem sabe dá sorte!Gostei muito.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin