abril 22, 2007

507 Anos

(Pau-Brasil)
Ó Pátria amada,
Idolatrada
Salve! Salve!



Brasil, minha terra, minha pátria

Terra de encantos mil,
Coração da América do Sul,
Fonte de riqueza para o Colonizador Europeu,
País de garra e determinação no contar da sua História,
Povo sofredor, mas com vontade de viver...
Raízes das três raças: índio, branco e negro,
Miscigenação latente: cafuso, mulato, mameluco...
Capital Natural de invejar a qualquer nação,
Solo próspero e viril na sustentação da Agricultura,
Pastos verdejantes como alicerce da Pecuária...
Que País é Este?
É o Brasil das Lutas pela Independência,
É o Brasil dos 21 anos de Ditadura Militar,
É o Brasil que quis Tancredo Neves Presidente,
É o Brasil que expulsou Fernando Collor de Melo,
É o Brasil que elegeu Luís Inácio Lula da Silva,
É o Brasil das grandes
Desigualdades Sociais,
É o Brasil dos "Heróis" sem títulos como Irmã Dulce e Betinho...
É o Brasil que, caminhando passo a passo,
Enfretando os problemas e as agruras,
Resplandece a cada amanhecer para afirmar :
- Sou o País da boa gente Hospitaleira e Gentil,
Que no costurar das Minhas Artérias
Escreve o meu nome BRASIL...

(Adriano Souza Paraíso)

Um comentário:

Emilia disse...

PARABÉNS para todos vós, IRMÃOS!!!
Bjinhos para voçê, Esfingezinha.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin