setembro 15, 2008

Julgar


"Quem és tu que queres julgar, com vista que só alcança um palmo, coisas que estão a mil milhas?"
(Dante Alighieri)

"Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias. Difícil é encontrar e refletir sobre seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado. E é assim que perdemos pessoas especiais."
(Carlos Drummond de Andrade)

"O ciúme é indicio de baixeza moral: aquele que desconfia merece que ninguém lhe dê confiança, pois o homem avalia o proceder alheio pelo seu. "
(Demófilo)

9 comentários:

edson marques disse...

Escolheste bem os três belos pensamentos de hoje.


E agradeço pela letra do Renato Russo, ontem.


/// Abraços, flores, estrelas..

instantes e momentos disse...

voltando ao teu blog. Gosto de vir aqui.
Ótimo o post.
Apareça em meu blog.
Tenha uma bela semana.
maurizio

instantes e momentos disse...

certa vez voce foi ao meu blog, e perguntou se os poemas postados, eram escritos por mim.
São sim , todos em meu blog, são meus. Agradeço muito se gostou e apareça.
Maurizio

mari disse...

O que mais as pessoas fazem, é atirar a primeira pedra, sempre. Não olham para os lados, especialmente para dentro de si...

paula barros disse...

Quem nunca julgou ou não foi julgado, mesmo sabendo que era errado.

abraços querida.

vivi disse...

Acho que seja totalmente impossível não sentir ciúmes visto que ainda estamos bem na cartilha quando se trata de amor...próprio e por outros...
Incondicional então.....?! vixe.

saudades
querida

blog do dudu santos disse...

Eu não tenho ciúmes, nunca tive, é um sentimento que não passa por mim...dizem que quem ama tem ciúmes. Sera? Acho que quem tem , tem junto uma baita insegurança...Julgar é arma de brinquedo dos fracos..
bjo do artista

Codinome Beija-Flor disse...

Edson,
Vi e li os pensamentos no orkut de um amigo. Achei mesmo que merecedores de um post.
Bjo

Maurizio,
Obrigada pela visita.
Realmente gostei das suas poesias, parabéns.
Abraço

Mari,
Vc sempre com a "frase" certa.
Bjos

Paula,
Acho que o grande problema não é o fato de julgar, mas a pena/setença que damos ao que julgamos.
Bjos

Vi,
Ciumentinha eu também sou (de carteirinha), mas o ciúme doente é pra apodrece qualquer relação.
Saudade tbém, mas já com data marcada pra terminar, né!
Bjos

Dudu,
Não posso dizer o mesmo, eu não nego que sou ciumentinha sim, mas acho que na medida, no medinho danado de perder o amor.
Mas ninguém é propriedade nossa e nem nós somos dos outros, amor precisa sim de liberdade, de respeito, suavidade.
Julgar é complicado sim, como eu disse pra Paula Barros, pior é a pena/sentança que damos e/ou que recebemos sem conceder o direito de defesa.
Bjos

Joana disse...

Três frases geniais! Adorei!
Sempre atenta ao que faz sentido! :)

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin