julho 31, 2009

"Eu Queria Muito Ter Um Amigo..."

Tantas vezes já pensei em acabar com esse blog, pois só tem de bom os textos alheios (como o do post abaixo), mas quando leio os comentários acabo deixando de lado a ideia de acabar com "isso aqui", algo assim, como hoje: O comentário deixado pelo Palhaço Poeta, carregado de poesia, de emoção, de magia. Lindo demais para ser "simples" comentário. Divido aqui com vocês:

Eu pretendia falar da minha vida, do meu passado, do meu presente e se desse tempo, do futuro. Queria dizer que não sou avesso a mentiras ou não seria o menino que brinca em minha alma enquanto o Papai Noel não vem e não me esconderia da bruxa sob as saias da fada do entendimento dos meus amigos, assim como não adormeceria ao doce canto de minha mãe.
Eu queria muito ter um amigo que cresse nas minhas fantasias, em Deus e na felicidade. Eu queria tanta coisa e sobrevivo deste querer, mas não reclamo por não ver satisfeitas estas vontades, mas reclamo da fome dos meninos e das lágrimas dos idosos. Reclamo do analfabetismo na África e no Brasil mantido pelos ricos de dinheiro e pobres de generosidade. Reclamo do tempo que me dá experiência, mas leva consigo toda a minha juventude.
Ah, como eu queria ter um amigo que não tivesse vergonha de mentir para me fazer crer que eu sou uma pessoa do bem, que sou educado e até me achasse bonito e, que me fizesse sorrir, de vez em quando.

(Sílvio Afonso - Palhaço Poeta)

10 comentários:

Judite (Dite) disse...

Olá.
Espero que reconsidere e não acabe com o seu blog, pois as mensagens que nos apresenta aqui, são muito bonitas.
Este de facto é realmente muito belo e muito real.
Também gostaria que os homens olhassem para o mundo de outra forma.
Um abraço,
Judite

Silvia Gonçalves disse...

Ah querida...
Não vá embora não...

Olha, sendo sincera, eu já me desfiz dos meus blogs uma vez... mas o pessoal começou a pedir de volta... e eu voltei...

Mas foi muito bom, cancelei o orkut, o facebook, não me interessei pelo twiiter... e é através do meu blog, de vocês que me deixam sempre um comentário lindo.. é que eu sobrevivo...

Acho que se não fosse isto, eu nem sei como estaria meu estado hoje...

Não me abandone!!! Por favor....

Bjos

Priscila Carvalho disse...

olá beija flor!
Por que excluir o blog?
Esse é o seu espaço, com suas memórias, seus sentimentos e um pouco de sua história...

Além do mais, esse cantinho aqui onde você compartilha suas idéias, tem muitos admiradores... Muita gente que se identifica com você.

Eu gosto daqui e gostaria de continuar lendo suas postagens...

Beijos!

aminhapele disse...

Muitas vezes,minha amiga,pensamos em desistir.
Claro que,uns momentos depois,continuamos.
Continue,por favor.
As suas palavras e as suas músicas são-nos necessárias.
Força e um abraço.

Sonia Schmorantz disse...

Primeiro, nunca desista daqui, deste teu espaço. Não é preciso ser poeta autor, basta ser poeta que ama poesias, não importa quem as fez, há tantas poesias lindas que precisam ser resgatadas... Quanto ao texto do Palhaço Poeta, é realmente lindo, digno de ser postado para que possa dividir com todos.
Um abraço a vocês dois, um ótimo final de semana

citadinokane disse...

Beija,
O Rio de Janeiro continua lindo!
Ô vida! São tantos desencontros...

Li disse...

Realmente são as pessoas especiais que nos visitam e comentam em nossos Blogs, que nos dão a "recompensa" e o "incentivo" para não desistirmos.
Adoro vir aqui... embora um pouco afastada por pura falta de tempo, sempre que posso, dou uma passadinha para ler seus textos.
E adoro!!
Beijo grande
Elida

Simplesmente Amor disse...

Assim como você...eu também já pensei em fechar o meu blog...Mas o carinho daspessoas aqui é um alimento enorme para a nossa alma.
Acho seu espaço um encanto...e saiba que apesar denão ser uma pessoa constante por aqui se você fechasse, eu sentiria muito a sua falta, viu?

Deixo um super beijo carinhoso e um pedido...não se vá!

Elcio Tuiribepi disse...

A gente sempre pensa, mas é uma maneira de distrair a mente, dividir a alma, as tristezas e alegrias...fui visitar o seu amigo...muito bom também...
Um abraço na alma

silvioafonso disse...

.

O mal vence o bem porque sempre foi assim. O mal é grande, tem a força dos gladiadores e o bem não passa de um doente enfraquecido. Quando alguém diz algo muito interessante é necessário que jure por sua mãe mortinha ou ninguém acreditará e, você sabe por quê? Porque o mal vence o bem. Quando fazemos algo que realiza o sonho de uma pessoa, dizem que só o fizemos para acalentar o sono do nosso eu e, você sabe por quê? Porque o mal vence o bem. O mal é maior que o céu e a terra mesmo que saibamos que o bem é a escora que sustenta todas as belezas. Portanto, você pode ir embora. Cole uma folha branca na porta de entrada do seu Blog escrevendo nela que você, por não ter tempo para dividir o que de melhor a literatura e a sua boa educação lhe ensinaram, não vai mais ao encontro dos seus amigos e amores. Provoque o tempo para que ele cale em nossas lembranças a alegria de suas palavras e a beleza de sua presença. Vá sim, vá embora. Vá e esqueça-se da gente, porque o tempo passará e levará com ele tudo o que ficar para trás deixando em nossas almas, somente, os rastros de quem chegou sem se anunciar, permaneceu por competência e coragem em nossos corações o tempo suficiente para nos mostrar o jardim aonde descobrimos a beleza de todas as flores, as cores mais alegres de um por do sol e o aroma das mulheres mais bonitas.

silvioafonso.


.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin