novembro 07, 2009

Levo Comigo


Já não acreditava mais na possibilidade de amar, 0 encontro dos nossos olhares fez renascer, algo que eu já não sabia sentir, onde começou o amor?
Não sei.
Coragem! foi o que pedi, amar novamente eu queria, ri da minha loucura.
Louca por amar o IMPOSSÍVEL, onde vai parar esse amor?
Não sei.
Segredo meu, escondido do mundo, mergulho profundamente em meus sentidos.
Amor que faz de mim: Ser perdido.

Rindo e chorando a toa, tarde demais para voltar atrás; não há como, ignorar que te amo demais! Nesse meu amor que é proibido,
Saudade levo comigo.

9 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Saudade de ler você! Espero que esteja tudo bem contigo.
beijos, lindo domingo

Dama de Cinzas disse...

Vixe! O amor está no ar! Grandes novidades?

Essa música da simone é linda e é tema da Renata de Viver a Vida, personagem que mexe comigo por razões que vc conhece...

Beijocas

AFRICA EM POESIA disse...

Codinome


Nós as capricornias somos assim...

Esta é a maneira poética de eu ver o grão do café...
Meu amigo...
Meu aliado
Com quem sempre vivi...
e era lindo sentir o doce do bago e brincar na sua palha...




MOINHO DE CAFÉ


Café...
Castanho...
Redondinho...
Colocado no moinho...
Moinho que mói...
Que o envolve...
E o transforma...
E tu...
Ficas mais leve...
Mais fino...
Mais puro...
E mais macio...
E é aí que...
Sentes o poder...
De te transformares...
Para nos poderes deliciar!...

LILI LARANJO

Hellen Rêgo disse...

Hoje estou visitando meus amigos e amigas:) Por onde vc anda?
Quando pensei em ti, não sei porque, a primeira coisa que veio na minha cabeça foi a essa música:

Vou te contar meus olhos já não podem ver
Coisas que só teu coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho

O resto é mar, é tudo que não sei contar
São coisas lindas que eu tenho pra te dar
Vem de mansinho a brisa e me diz
É impossível ser feliz sozinho

Da primeira vez era a cidade
Da segunda o cais e a eternidade,
Agora eu já sei,
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver


Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho

Agora eu já sei,
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Agora eu já sei

Wave, Antonio Carlos Jobim

Abraços.
Hellen

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA AMIGA, MARAVILHOSO POEMA... SIMPLESMENTE BELO... ADOREI!!!
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Menina do mar disse...

Flor!!! Que delícia! Pura poesia! É assim mesmo quando se Ama!
E como é bom amar assim!
Beijos meus!

J@de disse...

Hum... tá o maior climão heim??
Você que já é amor por si só, merece "todo amor que houver nessa vida"!!
Beijos!!

Um Piá do Sul disse...

Entre os efeitos colaterais de uma relação que não se está vivenciando no momento, mas que já foi objeto de noites ardentes, podemos destacar a saudade como um dos piores efeitos colaterais desta abstinência.
Depois vem a falta dos corpos em evidênvia, as palavras, a presença e a sintonia.

Gosto de ler seus textos, sempre falo isso. Você desperta nas pessoas questionamentos e revelações. Como expõem nas entrelinhas a nossa amiga Dama e Jade. Você também.

Quase posso conhecê-las sem nunca têlas visto.

Abraço Apertado!

Deusa Odoyá disse...

Olá minha querid amiga.
Viva esse amor intensamente, deixe que seu coração pulse esse amor verdadeiro e puro.
Seja feliz...
Parabéns pelo seu estado de espírito, vc. bem o merece.


Essa musica é linda, e siga ela no seu pensamento.
Beijinhos doces, amiga.
Fique na paz.
Regina Coeli.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin