abril 21, 2010

Eu olho para você



Quando olho para você percebo o quanto quero olhar mais e mais.
 

4 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Música linda!

silvioafonso disse...

.


Beijo-te as mãos, não me atrevo
a tua boca.
Abraço as tuas lembranças
com os pensamentos voltados
pro teu corpo. Olho-te no fundo
dos olhos, busco a tua alma, te
ouço, mas não te escuto.
Quando eu durmo, agarro-me
as tuas lembranças porque sou
menino calça curta, pé no chão,
inocente, meio tolo, sou ovelha
preterida, pesadelo, ilusão.

silvioafonso.







.

silvioafonso disse...

.


Entre aspas, entre as salas sem
portas e sem saídas, entre os
braços de Aleijadinho, entre as
pernas da gazela, na janela o
beijo da mulher triste.
Blogs que posta. Cartas que
posto. Não é peixe cachalote,
não há colo que eu não me
enrosque mas se não for seu,
por Deus, não me toque porque
não sou clarim, sou jasmim de
cheiro forte, espantando o
espantalho para fugir da morte.

silvioafonso.





.

J@de disse...

Queria estar apaixonada pra curtir mais ainda essa música!! hehehe!!
Beijos!!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin