abril 13, 2010

Ao dia do Beijo - (Me transformo em luar)


Ai, ai, ai, ai... Jorge Vercilo! Como canta! Como compõe!
Fica aqui em homenagem ao dia do beijo.
Aos que amam... muitos beijos


Investir o tempo em você
É um lucro absurdo de vida e prazer
Cultivar o brilho em seu olhar
É a coisa mais bela que eu posso querer
Me transformo em luar
Pra saber dos seus pensamentos na beira do mar
Eu não penso em mais ninguém
O teu beijo fica comigo e me faz seu refém

Nossas vidas vão seguir, eu sei
Nos sinais que a sua pele traz
Tem nome de estrelas e constelações
Sei de cor as marcas de um verão

Da saboneteira ao vale dos seios
Me transformo em luar
Pra saber dos seus pensamentos na beira do mar
Eu não penso em mais ninguém

O teu beijo fica comigo e me faz seu refém
Nossas vidas vão seguir, eu sei
Já desisti de pensar
Mas não consigo esquecer

Eu sem vc já não há
É o que o amor quer dizer

Um comentário:

Garota Misteriosa disse...

"Quando me viste, viste a Ele, e quando o viste, viste a nós. Seu espírito é meu espírito, e meu espírito, seu espírito. Somos dois espíritos vivendo em um único corpo"

AL HALLAJ

Meu dia do beijo foi sem beijo :( Mas beijinho da mama vale né? :)

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin