junho 30, 2010

Vela-me


(Foto tirada da minha janela)

Lá estava ela.
Como estivesse em sentinela.
Meu olhar fitou "ela".
Ela continuava lá.
Prostada em minha janela.
Como estivesse a me velar.

3 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

Com um beijo

Tenho selo para ti

Vim matar Saudades

Márcia disse...

Parece um coração, mas acho que é a Lua Cheia? Que inspirador!

silvioafonso disse...

.

E se ela estiver cheia, cheia de mim?
Que esteja depois do amor que
nós fizemos e que nos custou
toda uma noite e uma madrugada.
Cheia, só se for dos meus carinhos
e da atenção que eu guardai pra
ela, só pra "ela"...

silvioafonso.



.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin