julho 13, 2010

"Hoje eu queria seu colo. Queria repousar
minha cabeça! Queria sentir seu cafuné!
Queria ser humano, não somente mulher".



- Pois tu és, menina de todas as histórias.
Contos que o tempo não apaga, não acorda,
não desperta.
Tu és a mais linda adormecida das crianças,
da carruagem em forma de ferrari, dos
castelos de argamassa e de azulejo colorido, dos
cavalheiros de capacete, motocicleta, das
bonecas de todas as vestes, de trapo de seda
aos tecidos indianos de moleca.

Silvio Afonso

3 comentários:

silvioafonso disse...

.

Esquecida no passado como a vida
de criança é jogada, uma boneca
de pano, de louça, material da
pequena barbie, com roupa ou sem
vergonha de expor o nu de todas
as saudades, que não morre se
guardada com cuidado lá no fundo
do armário.

silvioafonso.




.

citadinokane disse...

Oi!
Bom final de semana.
bjs

Rubi disse...

Lindas bonecas!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin