agosto 05, 2010

Essa Fase Do Amor


Essa fase do amor
É bonita demais, lua cheia
Se Netuno quiser
Posso me transformar em sereia.

Essa fase do amor
É bonita demais, é nascente
Se o sol me queimar
Posso me transformar em poente.

Que nem recheio de bombom
E as estrelas de néon sobre a aldeia
Nas veias um licor de anis
Me leva as ruas de Paris e incendeia.


E eu me sinto assim como um Deus Grego
Como um barco indo de Veneza pro oceano
Como um corcel dum beduíno
Como a emoção dos violinos dos ciganos.

E eu me sinto assim como um Zeus Negro
Convidado pra sentar na mesa dos Arcanos
E cear com toda realeza
E beber o vinho da nobreza dos humanos.

(Na voz maravilhosa de Emilio Santiago)


AH! CORAÇÃO QUE TEIMA EM AMAR...

2 comentários:

silvioafonso disse...

.

O amor não é o que se espera
ou se ganha. O amor é o que se
dá.

Amar é chegar antes e sair
depois. É cantar com os
passarinhos e chorar quando o
canto não for possível.

Amar é não enxergar os defeitos
e se defeitos tiver esquecer os
preconceitos e viver do mesmo
jeito.
O amor é assim, é gostar do
semelhante e nele perpetuar a
vida, mesmo que o perpetuar seja
só por um instante.

silvioafonso.




.

Garota Misteriosa disse...

Mas este é um dos mistérios... e umas das fontes da vida... o amar... tão bom amar... tão dolorido amar... enfim...

Estou viajando em seu poema...

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin