novembro 16, 2006

Filho de Peixe, Peixinho é..

Corro o risco de perder meus raros leitores.
Mas eu não podeira deixar de indicar este blog, é da filhota da Emília.
Deus Amado, como pode alguém escrever com tamanha desenvoltura !?!
É a mais real prova da genética, herdou da mãe.

4 comentários:

Emilia disse...

Oh, que ternura, minha filhota mais novinha, minha luzinha, teve honra de chamada especial de uma pessoa também ela muuuuito especial! Abraço muito grande, querida Esfinge, você é um doce de pessoa.E fique sabendo que não é genética, não. Ela é bem mais desenvolta a escrever do que eu.

Joana disse...

Xiii...até corei!!! Tá lindo!! E não perde leitores nada, que teu blog também está muito giro! Adorei saber que alguém tem pachorra de ler meus longos posts, muita gente já disse que são grandes demais! :)
Minha mãe é modesta...que estas coisas correm mesmo na família...é mesmo genético! :) Temos é estilos diferentes! :)
Bjinhos

Segredos da Esfinge disse...

Emília, a filhota tá certa. Deixa de modéstia é genética sim.

Joana,
Nem reparo se são grandes, eu leio com maior interesse. Parabéns, afinal escrever como você escreve não é comum.

beijos pra vcs .

J@de disse...

Eu não sei pq vai perder os leitores, eu heim, que boba!! hehehehe!!
Bão, só hoje posso ir lá futucar o blog...
Beijos!!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin