novembro 27, 2006

O Anel

O "Dança do Anjo", anel com maior número de diamantes do mundo (837 pedras), é apresentado em Kiev, na Ucrânia; o anel foi confeccionado pela joalheria Labortas e está no Livro dos Recordes

Nem que meu "Anjinho da Guarda" participe da dança dos famosos, vai ser possível eu colocar um assim no meu dedinho. Mais que é lindo, lá issso é. Mega-Sena acumulou vou jogar novamente, mereço ao menos um solitário.

4 comentários:

J@de disse...

E se vc não ganhar dessa vez, compra ao menos um de zircônia (é assim) hehehehehe!!
Sorte prá vc!!
Beijos!!

Emilia disse...

Não sei o q é isso de Mega-Sena. O pessoal aqui joga é no Euromilhões.Eu não, que rico, para mim, é ter saúde, amor, família e amigos :) mas imagino que isso daí é coisa para ganhar milhões.
Pois bem, desejo sorte para Vc,mas acho que um solitário pode ser melhor que essa baga gorda da foto. Tudo depende de quem o colocar lá...
Bjos!!

Segredos da Esfinge disse...

Emília,
Gosto mesmo de jóais em forma de ser humano, é esse tipo de preciosidade que tem importância. Sobre ganhar na Mega-sena, penso sim, tenho um sonho, ainda vou ter uma instituição que cuide de crianças carentes, aqui no Brasil precisamos muito, me dói ver crianças jogadas pelas ruas, e a maioria acaba na criminalidade.
Não pense que te deixarei fora deste meu sonho não, você ainda vai dar aulas para minhas crianças.
Beijinhos.

Jade,
A sugestão é boa sim, mas sou alérgica, se não for ouro não posso usar, não basta ser pobre, tem que ser fresca.
beijinhos pra vc.

Emilia disse...

Aula para suas crianças, é? Se calhar ia me dar mais satisfação do que as aulas que estou dando aqui...Vamos nessa!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin