janeiro 15, 2007

Lucas 14, 1. 7-11


Num dia de sábado aconteceu que Jesus foi comer em casa de um dos chefes dos fariseus, que o observavam.
Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou a eles uma parábola:
"Se alguém convida você para uma festa de casamento, não ocupe o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que você; e o dono da casa, que convidou os dois, venha dizer a você: 'Dê o lugar para ele'. Então você ficará envergonhado e irá ocupar o último lugar.
Pelo contrário, quando você for convidado, vá sentar-se no último lugar. Assim, quando chegar quem o convidou, ele dirá a você: 'Amigo, venha mais para cima'. E isso vai ser uma honra para você na presença de todos os convidados.
De fato, quem se eleva será humilhado, e quem se humilha será elevado."


Similar ao lugar que ocupamos na vida ou no coração das pessoas.

5 comentários:

Emilia disse...

Sinto você melancólica mas ... muuuito inspirada.
Beijo.

Segredos da Esfinge disse...

Minha Boneca Emilia,
Só vc, para achar em mim alguma inspiração.
Beijinhos

J@de disse...

Eu nem conhecia essa parábola, mas sempre foi assim que agi... e muitas vezes fui convidada prá me aproximar...
Concordo com a Emília, muito inspirada!!
Beijos!!!

Andorinha... disse...

Adoro esta parábola e tento mantê-la sempre na mente quando tenho repentes de orgulho e vaidade.
É necessário.

Mas os últimos serão os primeiros. Então, nada de melancolia!

Beijos

simaocireneu disse...

A parábola é mesmo uma lição de vida, como são lições de vida muitas das que o Jotacê deixou: de bom-senso, de equilíbrio, de convivência... Não sei se estou ficando louco, mas me parece que a quintessência do Evangelho, da Baghavad Gita, do Tao Te King, dos Vedas, do próprio Corão, da Torá, enfim, de todas as religiões, as que pregam o bem, é a mesma: convivência pacífica, respeito aos outros, &c
Até para a gente não sofrer, é melhor se colocar (mas de verdade) nas posições mais humildes, pois até o risco de não sermos chamados para as de destaque existe, não?
Amplexos do Cireneu!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin