março 16, 2007

Águas de Março

É hoje! Que chego em casa...só amanhã
.
.

Lá fora ... 183 km de congestionamento.

Eu vou ficar aqui... ouvindo uma boa música.

Águas de Março

(Tom Jobim)

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol

É peroba do campo, é o nó da madeira
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
É o mistério profundo, é o queira ou não queira

É o vento ventando, é o fim da ladeira
É a viga, é o vão, festa da cumeeira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das águas de março, é o fim da canseira

É o pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão

É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma conta, é um conto
É um pingo pingando, é uma ponta é um ponto

É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando
É a luz da manhã, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada

É o projeto da casa, é o corpo na cama
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato, na luz da manhã

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
É uma cobra, é um pau, é João, é José
É um espinho na mão, é um corte no pé

É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um belo horizonte, é uma febre terçã
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração

6 comentários:

Sofia disse...

Caramba !! Melhor mesmo não arriscar. No ano passado eu tentei sair do escritório com uma chuva assim e levei umas 5 ou 6 horas para chegar em casa ( eu levo normalmente uns 15 minutos ... )
Boa sorte,

J@de disse...

Bom final de semana... em casa!!
Beijos!!

Emilia disse...

É o dilúvio! Cuidado, agarre uma Arca de Noé, vá para casa e não saia mais enquanto não voltar o sol!!
Estimo as rápidas melhoras do tempo paulista!!
Bjinhos.

citadinokane disse...

Segredos,
Um bom domingo!
Abs,
Pedro

Blanche disse...

Quando Tom Jobim canta esta música o mundo pára e completa-se :) Passei para deixar um beijinho aqui em directo e ao vivo da cidade maravilhosa: Rio de Janeiro! :)

Ana Téjo disse...

Ninguém merece viver assim, não é?
Coitadinhos de nós, que não temos direito nem de voltar pra casa em paz. Humpf!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin