abril 04, 2007

Sinto Falta



Depois de 37 dias ela se foi.
Não é fácil chegar em casa e não encontrar minha mãe, não é a falta da comidinha gostosa que sinto (é claro que o momento do jantar era pura sensação de prazer).
Sinto falta do beijinho de boa noite, sinto falta da voz me perguntado do meu dia, sinto falta do colinho que ganhava logo depois do jantar, sinto falta da nossa conversa, sinto falta dos conselhos, sinto falta do cheirinho dela, sinto falta da mãe amiga, sinto falta do puxão de orelha que ela me dava todos os dias quando me dizia: "Pega sua vida e viva", sinto falta do amor , da alegria, da amizade.
Sinto sua falta mãe!

Mas... o feriado vai chegar e vou para casa dela.

8 comentários:

António Melenas disse...

Minha querida Amiga
Pior do que perder a Mãe, só se for perder um filho.
Eu perdi a minha faz agora 3o anos e apesar de eu próprio ser velho, nunca me consolei da sua perda.
Um beijinho carinhoso, nesta altura tão especial

Segredos da Esfinge disse...

Querido António!
Graças ao bom Deus não perdi minha mãezinha, ela só voltou para casa dela ficou comigo por 37 dias. É a saudade que é grande.
Beijinhos e obrigada pelo carinho

Mari disse...

Aproveite o viver ao lado de sua mãe. Com a minha, vivo apenas das lembranças.

Abraços

Mari (Aquarelas)

citadinokane disse...

Segredos,
Viver intensamente os dias e horas junto dela, aproveite!
Beijos,
Pedro

Emilia disse...

Isso aí não é mãe-galinha, é filha-pintaínho!! Vá lá, vá correndo atrás de Dona Segredos e dê um beijo grande para ela, que eu mando!!
E Páscoa Feliz para toda a sua família.

Blanche disse...

Como dizem vocês brasileiros numa expressão que eu adoro «mãe faz uma falta danada» :) Aproveite sempre para viver a sua companhia... mãe só há uma mesmo! beijinho querida Segredos

rodrigo disse...

Esfinge, o post ficou truncado mesmo, achei também q tu tinha perdido a mãe também, tinha q explicar melhor:-), bueno, estou aqui para desejar uma Feliz Páscoa para ti e tua família, e evita as ambigüidades nos posts:-) bjão!

J@de disse...

É dá falta mesmo... da companhia da presença... às vezes dá uma vontade de voltar prá barriga da mamãe né?
Inda bem que ela tá perto...
Beijos prás duas!!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin