maio 05, 2007

Arrependimento


Arrependo-me,
de todos os beijos que não te dei,
de todos as palavras que não te falei,
de todos os desejos que não realizei,
de não ter pedido mais e mais,
de ter deixado você ir,
de ter acreditado...
que haveria uma próxima vez.

8 comentários:

Emilia disse...

Não vale a pena arrependimento...acho eu...para a frente é que é nosso caminho!!!

Cris disse...

A hora é essa, amiga...
sempre a do momento.
Bjs.

Mari disse...

Esfinge,

O importante da vida é sempre viver intensamente a felicidade momentânea que nos é ofertada, para que depois não tenhamos arrependimentos. Procuro não manter relações de amizade com essa palavra, arr e p e d i m . . .

Breaking the Waves disse...

"Orgulho-me de todos os beijos que te dei, de todas as palavras que te falei, de todos os desejos que realizei, de ter pedido e de ter dado (aquilo que me foi possível)... Orgulho-me de te ter deixado ir de acreditar... e se não houver próxima vez, foi porque não tinha de ser e ficará sempre a memória e o aconchego do que foi!!!!

Querida Esfinge gosto de pensar assim (uma luta diária contra a minha característica pessimista e obscura)... tudo tem outro significado!

Beijinho grande

PS: desculpe ainda não ter passado convenientemente na sua caixinha de música... merece tempo e disponibilidade total para me deliciar! Logo passarei por lá!!

J@de disse...

É maior a luta para não se arrepender do que não se fez...

Breaking the Waves disse...

Olá Esfinge,
Recebi um email que pensei ser seu, tinha no assunto Resposta a este post, mas depois quando abri não entendi nada porque tinha a ver com a verificação de spam...
Fiquei sem perceber se era mesmo um mail seu! Enviou mail para mim??

Bjs

jorge disse...

é dos beijos que não dei
das palavras que não disse
dos segredos que ocultei
com receio de que visse
nos teus olhos o meu medo

que o meu corpo agora grita
numa voz quase infinita
a bradar o meu segredo.

Escrevi-o para ti como forma de agradecimento por tudo o que és. decerto muitos outros farão suas estas minhas palavras.
um beijo, amiga.

Cris disse...

Ai amiga...quanta inveja...

Bjs.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin