maio 09, 2007

Óóóó Vida, óóóó Azar.


Óóóó vida, óóóó azar.
Chove, tem chegada de Papa e sua comitiva.
Alguém faz idéia do trânsito que será hoje?
(já tem congestionamente desde 6h40)

"O papa é pop, o papa é pop
O pop não poupa ninguém"


Sendo o Papa Pop ... e se o "pop" não poupa ninguém...
a Esfinge não será poupada do trânsito...
Óóóó vida, óóóó azar.

7 comentários:

minds disse...

Tem kalma, pode ser k ele ( o Papa) te acene!!!

lol
bjs

J@de disse...

Ainda bem que ele chega aí!! hehehehe!!
Beijos!!

Cris disse...

Ei amiga...o papa é pop mesmo. Mais de cinco mil pessoas aguardam o pronunciamento dele. Acho que vi você, lá na frente, na telinha da globo, pulando, com uma sobrinha cor de rosa, da cor do seu blog, gritando "eu também tenho muitos segredos"...e o quanto são abençoados!!!!

Bjs.

Segredos da Esfinge disse...

Minds,
Eu prefiro minha ligação direa de fé com Deus.
Beijinhos


Jade,
Marvada cruel. Vou mandar ele pra vc.
Bjos

Cris,
Se eu passasse perto dele, meu destino seria a fogueira, se ele sonhasse com a lista dos meus "SGREDOS e PECADOS", eu estaria rodando no espetinho da fogueira.
Beijinho

Cris disse...

Caramba, segredos, a cara da Mônica será feia pra vc rsrsrsrsr

Bjs.

Cris disse...

Fogueira...bruxos e bruxas...caldeirões...alquimia...poetas...caramba...viajei agora...

Bjs.

Osc@r Luiz disse...

Vui?
Não foi tão mal assim...
Sobreviveu!
Eu sabia que conseguiria...
Se preocupou por antecipação!
Mas tudo isso tem lá seu valor.
Veja quantas reflexões você provocou com o seu post.
Eu disse que faria a diferença.
Da próxima vez acredite!
Agora cá pra nós... Esse Papa não é um cara exatamente "carismático".
Sei lá.
Acho que apenas "amar ao próximo" já basta.
Daqui a pouco o país pára por que o "Bispo Edir Macedo" vai chegar.
Ai meu saquinho!
Beijão e abraço apertado!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin