junho 07, 2007

Desafio do Tozé Franco

Respondendo ao segundo desafio do Tozé Franco .

Eu quero: Um mundo mais justo.
Eu tenho: Uma filha Linda.
Eu acho: Que respeito é fundamental para qualquer tipo de relação humana.
Eu odeio: Vulgaridade.
Eu sinto: Saudade....
Eu escuto: Música todos os dias da minha vida.
Eu cheiro: As flores e.... claro que a comida da minha mãe.
Eu imploro: Perdão quando estou errada.
Eu procuro: Aprender com meus erros.
Eu arrependo-me: De muitas coisas... que não fiz.
Eu amo: A minha família.
Eu sinto dor: Com a injustiça.
Eu sinto falta: Do meu aquecedor.
Eu importo-me: Com o aquecimento global.
Eu sempre: Tenho fé em Deus.
Eu não fico: Esperando que o outro faça aquilo que posso fazer.
Eu acredito: Que sempre haverá uma nova oportunidade.
Eu danço: Para minha filha.
Eu canto: No carro, no banho, no trabalho (quase o tempo todo)
Eu choro: Por tantas coisas, principalmente de emoção.
Eu falho: Sempre.
Eu luto: Para educar minha filha com toda dignidade.
Eu escrevo: Mal ... viximaria
Eu ganho: Um beijinho e abracinho da minha filha quando chego em casa.
Eu perco: A paciência com gente que invade minha vida.
Eu confundo-me: Sempre que vou escrever: "mal/mau" - "esta/está"
Eu estou: Pensando no que escrever "agora".
Eu fico feliz: Por viver.
Eu tenho esperança: Sempre.
Eu preciso: Emagrecer 5 quilos.
Eu deveria: Falar "inglês.
Eu sou: Chata, mas de bom coração.
Eu não gosto: De: falsidade, cheiro de cigarro... a lista é grande..

E as nomeadas para este desafio são:
Luz Dos Olhos
Mari - Pedra de Alquimia
Minds
Pensatriz
Rubina
Quinxentes

9 comentários:

crisblog disse...

Ai..ai..ai..obrigada amiga..
estou me divertindo com a Mari...
Você vai adorar...ela é muito engraçada!

Beijos.

Tozé Franco disse...

Origado por ter aceite o desafio.
Gostei de a conhecer melhor.
Um abraço.

Sofia disse...

Não, não e não. Definitivamente você NÃO é chata ;)
E tem um coração enorme e maravilhoso ;)
Abraços,

Menina do mar disse...

Obrigada pelo desafio querida esfinge, prometo responder quando puder, talvez Domingo ando meio atarefada passei só pra deixar meu beijinho ;-)

Juliana disse...

Desafio de Luz dos Olhos...

Eu quero: Uma chácara cheia de bichos
Eu tenho: Uma família linda
Eu acho: Que o ser humano me causa desespero.
Eu odeio: Falsos julgamentos
Eu sinto: Saudade....
Eu escuto: Palavras de amor.
Eu cheiro: Tudo...tenho o olfato exagerado
Eu imploro: Justiça
Eu procuro: E penso que achei.
Eu arrependo-me: De ter me dado a quem não me merecia.
Eu amo: A minha família.
Eu sinto dor: Com o que não consigo resolver
Eu sinto falta: De muito dinheiro.
Eu importo-me: Com os bichos que sofrem
Eu sempre: Cato bichos na rua
Eu não fico: segurando o que quero falar.
Eu acredito: Que o mundo ainda tem jeito.
Eu danço: Conforme ...”música que eu escolho”
Eu canto: Sozinha no banho
Eu choro: Até em desenho animado, mas jamais à toa..
Eu falho: Com muita gente.
Eu luto: Para prosseguir na minha profissão
Eu escrevo: Muito
Eu ganho: No jogo sempre.
Eu perco: O interesse por muita coisa.
Eu confundo-me: Quando não consigo olhar nos olhos de quem fala comigo.
Eu estou: Me encontrando espiritualmente
Eu fico feliz: Perto de bichos
Eu tenho esperança: Nas pessoas
Eu preciso: Ficar rica
Eu deveria: Ser mais corajosa
Eu sou: Intensa
Eu não gosto: De: Cerveja

Edson Marques disse...

Adorei a tua lista!


Viva a Sabedoria de Fazer Escolhas.



Abraços, flores, estrelas..

jorge disse...

passei para deixar um beijinho de despedida.a minha aventura blogueira terminou. a poesia fica entregue( e muito bem) à nossa doce menina do mar.talvez esteja na hora de postar algum dos seus poemas.têm sentimento.

da minha parte obrigado por tudo.

beijo amigo
jorge

Rubina disse...

Obrigada pelo desafio querida. Quando tiver um tempinho faço. Beijo

Mari disse...

Esfinge,

Responderei o desafio no meu espaço Mari (Pedra de Alquimia).

Abraços

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin