junho 03, 2007

Rótulos

Que hábito é esse que temos em dar "nomes" ao que sentimos?
É mesmo necessário "rotular" nossos sentimentos?
Pois bem! Não quero mais nomenclaturas/rótulos em meus sentimentos.
Quero apenas sentir ... e ... sentir sem a obrigação de "batizar" o que sinto.
Não quero explicação para o inexplicável, sentimentos são para ser "sentidos" no íntimo da alma.
Meus sentimentos serão demonstrados por meus gestos, pelo meu modo de agir e não mais com palavras.
Quando eu sentir "saudade" , "amor", "raiva", "dor", "pavor" ou até mesmo "ódio", vou dizer através dos meus olhos, do meu silêncio, do meu abraço, do meu riso, do meu pranto. Não deixarei que uma simples palavra resuma (limite) o meu "sentir".
Tem mais um detalhe, os meus sentimentos não possuem prazo pré-estabelecido, quero que todos os "bons sentimentos" sejam eternos exatamente na "eternidade" que eles julgarem necessário.
Quando eu nasci não adentrei ao mundo com um manualzinho de uso, bem como, não há um número com telefone de SAC, para que em caso de dúvida alguém pudesse ligar pra "deus" ou pro "diabo" reclamando qualquer falha no produto.
Quero liberdade apenas para sentir.

17 comentários:

Ju disse...

Um dia...ainda vou ser como você...
Assim tão grande.
Te amo

crisblog disse...

O documento já está pronto?
Quero assiná-lo embaixo agora...
rsrs

Beijos.

Mosana disse...

oooooooooo
bem vinda a casa nova!!
acabei de arrumar seu link lah!!!!
infelizmente bandidos têm direitos humanos.. e nós humanos direitos temos mais eh q nos fuder!
complicado.
Beijos

Osc@r Luiz disse...

Apoiada!
Esses rótulos não estão com nada!
Se tiver uma campanha contra isso, conte comigo!
Beijo!

Fernanda disse...

Odeio rótulos... Acho que se as pessoas se permitissem misturar e reinventar seria mais interessante...

Ultimamente tb me permito sentir sem me preocupar se o nome é amor, amizade, paixão... apenas sentir... bjs

Edson Marques disse...

Liberdade para sentir é fundamental para que tenhamos a Liberdade para Viver.


Amanhã te responderei sobre "a decisão mais difícil de ser tomada".



Abraços, flores, estrelas..

Tozé Franco disse...

A tendência para rotular é terrível.
Quando recebo alunos novos nunca quero saber as notas anteriores para não fazer juizos prévios.
Rotular é terrível.
Um abraço.

citadinokane disse...

Esfinge,
Essa postura seria pós-moderna?! Ehehehe...
Tô brincando!
É um exercício árduo não rotular.
Mas vale o esforço.
Traz o documento pra gente assinar.
Beijos,
Pedro

Segredos da Esfinge disse...

Ju,
Vc jé até fisicamente.
Bjos

Cris,
Já sim.
Bjos


Oscar,
Que bom saber que tenho apoio.
Bjo


Fê,
Acho que é mesmo a melhor maneira de sentir.
Bjos


Edson,
Quando damos muitas palavras ao que sentimos, nos tormanos prisioneiros das palavras.
*Vou aguardar sim a sua resposta.
Abraços


Tozé,
Você de ser mais "Mestre" que "professor".
Abraços

Pedro,
Se acharmos que é "postura" já será um "rótulo", não há postura, só existe o "sentir".
Abraços

Joana disse...

Sinto o mesmo, parece que tem que estar tudo rotulado! É assim mesmo, é preciso é sentir, o que importa é mesmo sentir! :)
Bjinhos

Emilia disse...

Vou colocar um rótulo em você, quer goste ou não: 'produto muito delicado, deve ser tratado com todo o carinho e atenção, para manter toda a
sua qualidade.' Que tal? :D

Segredos da Esfinge disse...

Joana,
É bom saber que não sou a única que pensa desta forma.
Bjos

Emília,
Mãezinha, de vc eu aceito sim, ainda mais esse tão carinhoso.
Beijinhos

jorge disse...

deixei uma coisinha no blog do simão cireneu sobre a importância do olhar.espero que gostes. escrevi-a para vocês:

Contei um segredo
Narrei-o baixinho
Não foi bem a medo
Foi mais com carinho

Trocámos sorrisos
Fizemos promessas
E nessas remessas
De olhares concisos

Falaram pupilas
Os cílios dançaram
E os lábios calaram
A voz que rutilas.

J@de disse...

Até porque as palavras restringem e confundem muito quando se trata de sentimentos... muito bem dito moça!!
Beijos!!

Jota disse...

se o texto for de sua autoria, parabennnnns!!!

viva a revolucao emocional, a liberdade de sentir. a liberdade de expressar seu sentimentos sem receios!

a revolucao sexual ja foi feita. a emocional esta a caminho. (espero)

Segredos da Esfinge disse...

Jorge,
Vc como pode chamar "rotular" de "Coisinha" seus poemas?
É claro que adorei.
Beijos

Jade,
Chega de rótulos, não?!
Beijos


Jota,
O texto é meu sim.
Obrigada pela visita.
Eu também espero pelo dia que possamos ter a "liberdade/ revolução emocional".
Abraços

Edson Marques disse...

Ainda não será hoje...
Mas não me esqueci!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin