maio 17, 2008


"Ao ver Zélia, arriei bandeira, pedi paz.
Ela ainda não sabe, mas vou me casar com ela."
.
Tenho minhas convicções de que a vida não termina com a morte, acho que existe algo além, numa outra esfera, parece patético, mas acredito mesmo. Acho que hoje, Jorge Amado reencontra a paz, ao lado da sua Zélia Gattai.

"Continuo achando graça nas coisas,
gostando cada vez mais das pessoas,
curiosa sobre tudo, imune ao vinagre,
às amarguras, aos rancores."

4 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Também acredito numa outra esfera e acredito que eles estão juntos!

Beijos

mari disse...

Linda homenagem Florzinha. Fizeste por mim. Pensei em fazer mas, não tive idéia. A sua então, bela sensibilidade...


Bjs

paula barros disse...

Acredito numa vida pós morte, porém não sei se nos encontraremos com os nossos, ou tão rápido assim.
Beijos

Emília disse...

Também eu, acredito que eles estão hoje e para sempre assim, como nessa maravilhosa fotografia.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin