junho 25, 2008

"Nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si memo"

O título deste post, é a frase que está no MSN da minha sobrinha.
Definitivamente, cada vez mais acredito na superioridade/elevação/nobreza do espíritos, minha sobrinha é possuidora de um espírito elevado, a frase é dela (achei que não fosse).
Respira Beija-flor... respira.... fundoooooooooo.
Falar da minha sobrinha me dá a mesma emoção de quando falo da minha filha e da minha mãe.
Ela tem 15 anos, mas foge de todos os padrões de uma adolescente de 15 anos, porque ela tem gestos de nobreza, atitudes de uma pessoa sábia, comprometimento com tudo que faz.
Filha exemplar (muito além do normal), uma menina que luta com as diferenças desde que nasceu.
Existe uma generosidade nela que sempre me questiono, é muita maturidade para uma criança (falo isso, pois ela já era madura quando tinha 7 anos), não que tenha pulado fases na vida, ela já nasceu assim, sempre além da idade.
Daqui uns dias vai ser submetida a uma delicada cirurgia, em nenhum momento ela demonstra medo, preocupação, muito ao contrário, ela que nos acalma, nos consola.
*** Um dia conto com riqueza de detalhes sobre essa cirurgia.
Depois de ler a frase que deu título ao post, só me resta repetir: "O acaso não existe".

Um comentário:

Emília disse...

Tudo de bom para ela!! Já vi que merece... e muito!
Bjos à sobrinha e á titia.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin