agosto 29, 2008

Carinho

(Foto do presente que a Déia me deu)
A vida tem sido meio madrasta andei numa fase "bola" (para não dizer que levei chute na bunda) é melhor dizer que fui chutada como bola (para bem longe), coisas da vida.
Fazia muito tempo, muito tempo mesmo que não acordava com "vontade danada de ser feliz" (como diz Terê, minha amada amiga).
Pela manhã fui ouvindo (umas 20 vezes) a música linda que adoro MEU EU EM VOCÊ letra (Victor e Leo) (detalhe: Hoje nem chorei quando ouvi... muito bom sinal).
O dia começou agitado, logo cedo reunião com o advogado da empresa, cuida de uma coisa aqui, outra ali, corre de cá, corre pra lá.
Eis que surge Terê, com sacolinha linda da Flores Online, a minha Terê quase enfarta toda vez que vê presente (ela adora ganhar presente, ver as pessoas ganhando presente - "Na verdade Terê é um presente na vida de quem tem ela como amiga").
Abri... vi o presente (foto acima) e li o cartão abaixo:
Sentei... tremi... coração ficou apertadinho... emoção de encher os olhos de lágrimas.
Dá para não ser "Feliz"? Cada dia mais agradeço a Deus, pelas pessoas lindas que coloca em minha vida. Talvez eu seja muito injusta nessa postagem, porque sei que vou deixar de citar algumas pessoas especiais, mas vou falar um pouquinho das que estiveram (e estão presente na minha fase bola - Terê e Ju), Déia não sabe da fase bola, mas acompanha outras fases.
*Terê: é meu tubo gigante de Super Bonder vive colando meus cacos, meus pedaços, meu coração. Ela tem o humor mais inteligente que conheci em toda minha vida, já disse umas mil vezes nesses nossos 17 anos de amizade, que a Rede Globo tá perdendo o maior talento do humor brasileiro (arrisco dizer: mundial). Terê tem as melhores tiradas, as melhores piadas criadas por ela e inova todos os dias, não sei de onde ela tira tanta criatividade, sem dizer que a danada tem olhos verdes, um par de pernas que faz muito marmanjo ficar de queixo caído. É linda minha amiga, criaturinha de vida minha, repleta de amor.
* Juliana: a minha Ju, meu Tudinho, minha Luz, não há distância que abale nossa amizade, já falei em alguma postagem aqui, que eu e Ju somos amigas de vidas passadas e futuras, seja em que dimensão for, sempre estaremos juntas. Ju é fonte pura de luz, ela pensa que eu não sei, mas ela é anjo disfarçada de humano (só para não chamar muita atenção). Nossa amizade é de anos também foi amor a primeira vista, um amor fraternal (existe amor amigal ?), amor que não escondemos nunca, amor que fazemos questão de declarar só umas cem vezes por dia (pois nos falamos todos os dias pelo MSN, o início da nossa conversa é com: "EU TE AMO" e terminamos a conversa com: "EU TE AMO"), talvez estranho para muitas pessoas uma manifestação de amor assim, mas é assim a nossa amizade e sempre será. Ah! E só para ficar mais fácil ainda de amar JU ... ela é linda, linda, linda, de causar inveja a muitas mulheres, não é fácil ter uma amiga linda assim, um perigo danado para quem tem marido, namorado seja lá como for, ainda bem que não tenho nada disso (risos)... se eu tivesse não correria risco algum, nossa amizade vai além de tudo.
* Andrea: faz um pouco mais de um ano que nos conhecemos, ela é minha "muleca-sapeca-levada-da-breca", carinha linda, carioca da gema, jeito travesso, sorriso largo e farto, pessoa que adora a vida, que alegra qualquer ambiente onde chega, a gente brinca o tempo todo quando estamos juntas, tudo que é dela é meu, tudo que é meu é dela (ela me chama de: sócia, irmã, amiga") ninguém entende nada, porque nossa conversa é "papo de maluco". Déia tem coração generoso (mas.... quando a bichinha não vai com a cara de uma pessoa... esquece... nem chega perto... vira bicho), acho que é isso que mais admiro nela, essa incapacidade de fingir o que não sente, quando ela gosta-gosta, quando não gosta fala na cara, não manda recado.
Quando pensei em fazer esse post, lembrei de um amigo que faz tempo que não vejo, o Tonico, num dos dias mais tristes da vida dele (falecimento do pai), um sexta-feira de feriado, um dia lindo de sol, muitas pessoas viajando (vários amigos voltaram do meio do caminho), quando soube da triste notícia fui ao velório levar meu abraço, minha pequena solidariedade, em meio aquela imensa dor, ele disse:
- Perdi meu Pai, mas mesmo nessa minha dor tão infinita não posso deixar de agradecer a Deus pelos meus amigos, vocês aqui, meu maior patrimônio.
Mesmo em meio a minha ignorância, entendo cada sentido dessas palavras.
E, mesmo nessa minha fase, o jeito é tocar: "Bola pra frente".

8 comentários:

blog do dudu santos disse...

acabei de ler uma frase do Paulo e lembrei de você "amanhâ, seremos ontem"....então diante desta perpectiva´,o melhor que temos que fazer é viver, e bem feliz heimmmmm!!
bjo do artista

Anônimo disse...

Semelhante atrai semelhante.
Todas elas lindas!?
E você? LINDA, MARAVILHOSAMENTE LINDA. Beleza interior, beleza exterior, sempre linda.
Nina, linda do nariz arrebitado.
BJ

Quase Trinta disse...

Nessas horas de tristeza nada como a amizade pra nos fazer ver que vale a pena continuar. Linda a homenagem de sua amiga e encorajadora as palavras do cartão...
ótimo final de semana

Menina do mar disse...

Lindo!

paula barros disse...

Você especial, com sensibilidade, consegue fazer uma bela homenagem.
É muito bom ter amigos.
Está cada vez mais lindo o blog.
abraços

Mari disse...

Flor,

Bom mesmo é ter a sua amizade...

Bj bela!

Juliana Merij disse...

Amada...
O que dizer diante dessas palavras??
Mas, também, o que esperar de olhos como os seus??
Olhos de amor que só vêem amor. Olhos doces enxergam doçura. Olhos lindos enxergam beleza!
Seu coração tão puro, tão intenso, só poderia mesmo viVER assim as pessoas que têm a sorte, o privilégio, a delicadeza de estar na sua vida.
Eu te amo, minha amiga...MInha irmã...Te amo nessa em todas as vidas que Deus me conceder, e é certo que estarei ao seu lado.Porque essas almas Ele não separaria jamais.
Te amo daqui atéeeeeeeeeeeeeeeeeee o céu... e lá no céu...eu iria ainda mais além por te amar assim.

edson marques disse...

A vida tem disso...


Mas devemos encarar como testes, apenas. Exercícios pelos quais passamos, incólumes!


Abraços, flores, estrelas..

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin