outubro 31, 2008

Feliz Dia das Bruxas


Sou fada, sou bruxa.

Sou mulher,
Sou flor
Um lado bruxa
Um lado fada

O meu lado bruxa
Enfeitiça
Meu lado mulher
Atiça
Meu lado fada
Te conquista

No amor sou fada
Sou mulher
Mas sou bruxa
Que lhe encanta
Sou flor que nunca murcha
Sou mulher
Que simplesmente ama
Um lado fada, um lado bruxa.

Se estou triste
O meu lado fada
Acalma meu coração
Se apaixonada
O meu lado bruxa
Usa o feitiço da sedução
Mas sou simplesmente mulher
Magia, amor e dedicação.


(Sirlei L. Passolongo)

3 comentários:

edson marques disse...

Que delícia de bruxa!

Abraços, flores, estrelas...

Hellen Rêgo disse...

VC nao tem nada de bruxa moça!
Só de fadinha, hehehe
bjos. bom final de semana!

Diego! disse...

Arquivologia é a ciência, dentro das Ciências da informação, que lida com a guarda, mediação, e recuperação de informações produzidas, recebidas ou recolhidas em razão administrativa. Dentro da área, podemos escolher o lado que vamos trilhar na profissão.
Informática, administração, história...Eu trabalho com projetos arquitetônicos. Digitalizando e indexando imagens para alimentar um programa de Gerenciamento eletrônico de documento. (estagio)
É uma área não muito valorizada por aqui. Culturalmente acabamos querendo deixar pra lá nossos papeis velhos. Isso reflexo do governo que não liga muito se a população sabe o que ela anda fazendo, nos pequenos cubículos das repartições.
Não sei se ajudei muito em compreender a arquivologia.
Ando querendo na minha monografia, falar sobre o uso de documentos iconográficos, cartográficos e outros, na produção de documentários ou sobre o acervo sonoro/imagem do arquivo público aqui do Estado. Só falta um professor se interessar. rs
Abraço...

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin