dezembro 01, 2008

Um Abraço...

De todos os tipos, com todos os sentidos.

Um abraço fraternal.

Um abraço de amor.


Um abraço na chegada.


Um abraço na despedida.


Um abraço de reconforto.


Um abraço de alegria.

Um abraço apertado.
Um abraço de quebrar costelas.


Um abraço de paixão.

Um abraço com tesão.

Um abraço envolvente.

Um abraço quente.

Um abraço longo.

Um abraço...

Para aquecer o coração

11 comentários:

caurosa disse...

Olá Beija Flor,o ato de carinho e apresso fantástico, este é o abraço, aconchega, aproxima, atrai, aperta, amável, amoroso.Adorei, muito bom. Paz e harmonia para você.

Forte abraço

caurosa.wordpress.com

edson marques disse...

Abraços, flores, estrelas!

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Voei por teu encantador espaço e brilhei meus olhos!
Um abraço pode ser o bálsamo curador que a alma precisa!
beijos e borboleteios, bela!

PreDatado disse...

E eu lhe deixo aqui um abraço de coincidencia. No meu post de hoje também se fala de abraço. :)

Tatiana disse...

Estou aqui apreciando a linda postagem!

Te deixo meu abraço carinhoso!

paula barros disse...

Abraço é muito bom. Abraço entrelaçado, apertadinho.

Sem tapinhas nas costas. Esses não gosto.

abraços bem apertadinhos.

Um olhar disse...

Um abraço é sempre bem vindo.

bjos mágicos!

Menina do mar disse...

Cada abraço que se dá ou se recebe tem de todas as palavras as mais belas, as que não estão escritas em nenhum lado e que saem em silêncio dos nossos corações...
Abraço, apertadinho....

blog do dudu santos disse...

Abraço de aço, abraço que vira estilhaço, abraço flor que vira beija flor
bjo do artista

Johnny Garden disse...

O abraço tem um poder que as pessoas ainda estão descobrindo. Parece que você descobriu mais do que os outros...

Então, abração cheio de flores pra você!

mari disse...

Enorme abraço pra você Flor!

Bjs!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin