janeiro 13, 2009

O Silêncio, A Solidão

Não há uma gota de tristeza, nem medo, nem melancolia.
Mas deu vontade de ficar em silêncio, sozinha.
Pensando em quase tudo, pensando no nada.
Deixando o pensamento vagar solto entre o passado e o futuro.
Refletindo o que vem de novo depois dos 39 anos que se aproxima.
Agradecendo por não haver neste ano inferno astral.
Sentindo ainda o reflexo do dia quente de 36 graus.
Lá fora tem brisa leve, aqui dentro o som do nada.
Um paz tão grande no silêncio da minha solidão.
Nesse momento em que sou minha.

15 comentários:

mari disse...

Este é um maravilhoso momento de LIBERDADE amiga. Momento de reflexão, momento nosso, só nosso...

Bj

Sonia Schmorantz disse...

Como disse Aldous Huxley:
Depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música.
Muito bonito e expressivo este poema, gostei muito.
beijos

paula barros disse...

Era 22h mais ou menos e estava pensando em solidão e liberdade, como esses dois temas podem estar tão próximos dependendo do nosso estado de espírito. Chegar em casa e não ter ninguém, pode ser liberdade ou solidão, depende desse estado de espírito, assim pensava. Entre tantas outras situções.

Esse seu momento me lembrou isso. E gostei dessa frase - "Nesse momento em que sou minha".

Acho que estou nessa fase, e então o que pode ser solidão é liberdade.

abraços. Feliz aniversário antecipado.

Garota Misteriosa disse...

Interessante, Gostei da poesia, Linda, bela, tranquila, singela...Se olhasemos a vida como lemos uma poesia seriamos mais felizes, mais fortes, mais decididos...Temos medo da felicidade e temos medo da infelicidade...

Abraços

Dama de Cinzas disse...

Depois de 39 vem 40! Eu acho que vc está preparada pra isso! Eu nunca estou preparada pra ficar qualquer ano mais velha... ahahah

Beijocas

LuzdeLua disse...

Senti muita paz em tuas palavras. Saber o som do silêncio e o que ele diz nos é muito importante.
Deixo-te um abraço e tua postagem ficou linda. Poucas palavras que dizem muito. Com certeza, o ano será maravilhoso.
Um abraço com carinho
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
a solidão
é o tempo nosso,
privado, etéreo,
onde o diáfano silencio
clarifica os pensamentos,
*
VOLTEI . . .
,
alentado me sinto
com a tua visita,
,
navego,
no mar do contentamento,
espumando sophia,
entre o sal de pessoa
e a fenda de redol . . .
,
vagas de gratidão, deixo-te,
,
*

Menina do mar disse...

Amiga vê as coisas pelo lado positivo... tu aí com 36 graus e eu aqui com 5 graus....
beijos

Danny Doo® disse...

Olá!!!

Cheguei aqui pelo Poeta eu sou!

Muito bonito e diferente ...

Gostei!

Abraços, Danny Doo®

O Profeta disse...

Brotam e correm para o Mar
Os sonhos da tua alma de gaivota
Têm a nudez das águas de uma baía
Neste coração de dor encoberta

Rosa breve em aurora de Abril
Festa da luz no azul do mundo
Semeias sonhos como estrelas no espaço
Guardas apenas um no teu mais profundo



Boa semana


Mágico beijo

Verônica disse...

Solidão aparece mesmo quando estamos rodeadas de amigos, hoje mesmo estou me sentindo sozinha, e com vontade de chorar...
por tudo.. por mim..
acho que é quando estamos sós, ficamos mais perto de Deus!!!
Lindo texto...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Sabe o que há depois dos 39 anos? os 40 e depois vem uma dase para a qual vc já devia se preparar, sobretudo no que diz respeito à saúde, pois eu estou sofrendo muito. Mas é bom curtir alguns momentos sozina, só seus, porque ninguém os rouba.
Querida:
Fiz um post digno do Galeria. Você pode ir aos outros Blogs depois, mas primeiro vá ao Galeria. Não vai arrepender-se.
Um beijo,
Renata

Quase Trinta disse...

Tem uma frase que diz que a solidão só é boa quando é por opção.
Eu concordo, gosto da solidão as vezes.
Silêncio, calmaria, auto conhecimento.

bjs

Branca disse...

Conhecendo seu espaço...
É bom ter um momento nosso de vez em qdo para reavaliarmos nossa existência...
bjo...

...AMORE... disse...

Eu apenas queria que você soubesse
Que aquela alegria ainda está comigo
E que a minha ternura não ficou na estrada
Não ficou no tempo presa na poeira

Eu apenas queria que você soubesse
Que esta menina hoje é uma mulher
E que esta mulher é uma menina
Que colheu seu fruto flor do seu carinho

Eu apenas queria dizer a todo mundo que me gosta
Que hoje eu me gosto muito mais
Porque me entendo muito mais também

E que a atitude de recomeçar é todo dia toda hora
É se respeitar na sua força e fé
E se olhar bem fundo até o dedão do pé

Eu apenas queira que você soubesse
Que essa criança brinca nesta roda
E não teme o corte de novas feridas
Pois tem a saúde que aprendeu com a vida



Eu apenas queria dizer a todo mundo que me gosta
Que hoje eu me gosto muito mais
Porque me entendo muito mais também



gonzaguinha



mil beijos amiga...

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin