fevereiro 13, 2009

Descobertas


É assim aos poucos.
Que a cada dia te desvendo.
Como se fosse um esboço de quadro em construção.
Onde pelas mão do artista, vou observando cada traço seu.
Não tenho pressa de ver desta obra o fim.
Quero o mistério do que vem depois.
Como se fosse um botão de rosa que vai desabrochando.
Tal qual numa cena de filme... em câmera lenta.

20 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
tela
esboçada
em relance do olhar
no desvendar
de um segredo lentamente
emergente
dos traços que eu adivinho,
,
Conchinhas solarengas, envio,
,
*

Um Piá do Sul disse...

Perfeito! essa capacidade de captar imagens e textos e convertê-los em belas obras de artista. Temos que dar boas vindas a tecnologia, a sua criatividade, sensibilidade e acima de tudo, mas particularmente a você minha linda que cria belos capítulos da nossa história com uma identidade peculiar. Mil beijos e bom fim de semana.

Seu Piá

Codinome Beija-Flor disse...

Pessoa Linda,
Nossa história pode não ter sapatinho de cristal, maçã da branca de neve, nem Fiona e Shrek.
Mas pode vir a ter tudo de "encantado".
Beijos ... aos montes

paula barros disse...

Querida

Obrigada pelos elogios, pela forma sensível de me ler.

Por mim teria sempre seus pensamentos para ler, eles dizem muito.

"Não tenho pressa de ver desta obra o fim.
Quero o mistério do que vem depois."

Uma maturidade alcançada por poucos. Amor!!!

abraços, bom final de semana

Késia Maximiano disse...

Q doce... Suave!
Amei a doçura das tuas linhas... e entrelinhas...


Beijo enorme...

Cadinho RoCo disse...

Mais dia menos dia eis que a imagem faz-se revelada.
Cadinho RoCo

Menina do mar disse...

Lindo!
Nem imaginas o quanto me sinto feliz por ti!
Se há gente no mundo que merece tudo de bom és uma delas! E pelo que me parece valeu a pena esperar!
Beijos , bom fim de semana e MUITAS felicidades!

Uma aprendiz disse...

Lindo!

Quando eu crescer quero ser como você.
Ainda tento adivinhar nos traços, cada segredinho contido no sigilo do silêncio.
Se o lápis força mais um pequeno traço fico imóvel segredando opções de significados

ai, ai....


beijos

Sonia Schmorantz disse...

Lindo texto com uma imagem muito bonita, perfeita ao tema.
Parabéns.
beijos e lindo final de semana

Tozé Franco disse...

Olá.
Como tudo na vida, é bom saborear devagar, descobrindo pouco a pouco.
Para mim, a vida tem sido uma descoberta constante, uma coisa de cada vez, pouco a pouco.
Gosto assim.
Um abraço.

mari - pedra de alquimia disse...

Perfeito o teu "textopoesia" amiga. Somente do coração, emanam palavras como estas.

bfs

Bj!

IdéiAs nO LiqUidiFicaDor!!! disse...

Olá, estamos passando aki pelo primeira, e gostamos muito do seu blog.
Vc escreve perfeitamente bem... Parabéns..

Emília disse...

Assim é que sabe melhor a descoberta...devagar, sem correrias, a cada momento construindo, desvendando...
Como sempre aqui se conjuga tudo do melhor: texto, imagem, música... fazendo todo o sentido, sentindo.
Boas descobertas!Bjo grande.

MD disse...

E é tão gostoso esse desvendar, não?
Bjos

SAULO PRADO disse...

Plagiando o que é bom:

Sou um rascunho de um poema de amor
O esboço de uma tela, que virará flor
Perdido no mistério, do poema que não teve fim
Sigo suas palavras para tentar descobrir um pouquinho de mim...

Adorei seu espaço!!!
Beijo e desculpe pela invasão...

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA CODINE, UMA BOA SEMANA PARA TI... UM ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

...AMORE... disse...

... e sempre será assim...uma nova nuance...um traço escondido...um novo olhar...
e é isso que fascina...nao somos sempre os mesmos...
beijos e ótima semana!!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Ah! Tempo!
Nunca quis voltar em ti.
Apenas espero que me devolvas
os sentimentos que vivi.
Não deixes que meu sorriso
se perca pelo cansaço
e que minha voz
se cale por um fracasso.
Não deixes que meus caminhos
se desviem da meta
nem que os percalços
sejam maiores que minha força
para que eu siga esta reta.

Passei neste lindo espaço para te desejar uma linda semana
Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
passei,
...... vi
..... e nada li,
,
conchinhas
,
*

Danny Doo® disse...

Olá amigo!

Obrigada pela presença no meu cantinho...

Abraços!!!

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin