abril 28, 2009

É Preciso Olhar Sem Pressa

Para: Susan Boyle
Vi, revi, continuo assistindo mais de uma vez ao dia.
Definitivamente algo que me faz refletir: Não aprendemos a ver as pessoas sem pressa.
Basta um segundo, como se o mundo foi chegar ao fim, não há tempo de perder "tempo", sendo assim, olhamos com pressa e formamos nosso julgamento.
Foi desta forma que aconteceu, antes que ela soltasse a voz, antes que mostrasse que o melhor dela não estava na aparência um tanto quanto desengonçada.
O seu melhor estava na emoção, na vontade, no desejo, na voz transformada em canção.
Na música que não era apenas uma música, era de fato o seu próprio relato, do sonho "sonhado", mas que por tantas vezes proibido, pois ela sabe que o mundo é assim.
Foi por terra a velha frase: "A primeira impressão é a que fica.".
A impressão que ficou é a de que não sabemos olhar devagar, que não vamos além da aparência física, pois não somos capazes de ver uma distância maior que um palmo da nossa ignorância.
Leio de cá, leio de lá: Internet, revistas... escuto daqui, escuto dali:
- Ih! É mentira ela já foi casada,. Ih! É Marmelada.
Olha! Eu fico pasma.
Basta alguém ter talento, que logo o povo dá um jeito de vasculhar a vida da pessoa.
Seria mesmo possível que uma pessoa esperasse 47 anos para colocar a sua "carinha" num programa de calouros, por pura marmelada? Cantando do jeito que canta essa mulher!
Pouco me importa se ela já foi ou não casada, se já foi mais gorda ou magra, se beija ou não beija na boca.
O fato é que ela tem uma voz fantástica, que cantou lindamente, que escolheu a música certa.
E conseguiu mudar o final da letra: "Agora a vida matou o sonho que tive" .
A vida não matou o sonho dela, fez dele realidade.
Acho que de fato ela soube "sonhar" seus "sonhos" sem pressa.

Eu Tive um Sonho

Houve um tempo quando os homens eram amáveis
Quando suas vozes eram suaves
E suas palavras convidativas
Houve um tempo quando o amor era cego
E o mundo era uma canção
E a canção era excitante
Houve um tempo... então tudo deu errado

Eu tive um sonho num tempo que já se foi
Quando esperanças eram elevadas e valia a pena viver
Eu sonhei que o amor nunca morreria
Eu sonhei que Deus estaria perdoando

Então eu era jovem e destemida
Quando sonhos eram feitos e usados e perdidos
Não havia nenhum resgate a ser pago
Nenhuma canção desconhecida, nenhum vinho intocado

Mas os tigres chegaram à noite
Com suas vozes suaves como trovão
Tal como eles rasgam sua esperança em pedaços
Tal como eles transformam seus sonhos em vergonha

Ele dormiu um verão ao meu lado
Ele encheu meus dias de maravilha infinita
Ele fez da minha infância o seu êxito
Mas ele se foi quando o outono chegou

E ainda sonho com ele vindo até a mim
E nós viveríamos juntos os anos
Mas há sonhos que não podem acontecer
E há tempestades que não podemos desafiar

Eu tive um sonho que minha vida iria ser
Tão diferente deste inferno que estou vivendo
Tão diferente agora do que parecia
Agora a vida matou o sonho que tive

19 comentários:

Menina do mar disse...

Uma lição de vida!

Dama de Cinzas disse...

Lindo post! Muito bem dedicado! Quando vi o vídeo dela chorei, era uma manhã que estava assim meio sem graça, e quando fui assistindo, aquilo me arrepiou e as lágrimas vieram aos olhos.

Pouco me importa saber também fofocadas sobre ela, o que importa é que ela representa nesse mundo hipócrita!

Beijocas

Um Piá do Sul disse...

Fiz um post a esse respeito no finado blog "Assim Será" em junho/08 com o título Sentença: Dizia mais ou menos isso:

Então foi assim, nem bem conheci, já disse que não
gostei, julguei e condenei. E o que é pior, falei pra outras
pessoas.
Mas eis que a vida nos coloca lado a lado e toda aquela primeira
impressão foi se dissipando aos poucos e pude perceber a mente
maravilhosa que eu tinha repudiado. Até pensava como eu em muitos
pontos.
Uma grande amizade nasceu.
Foi a maldita primeira impressão. Cada bobagem que a gente escuta
nessa vida e sem perceber guarda no sub consciente, “a primeira
impressão é a que fica”.

Nada a ver! mandei mau.

Eis aí mais uma gôta para o nosso oceano de conhecimentos.

Cleo disse...

Beija-Flor, belo post, um reconhecimento desta mulher que não deixou o sonho morrer e conseguiu chegar até ele.
tomara que tudo dê certo para ela daqui prá frente, estou torcendo.
E bem como disse Exupéry, olhar com o entendimento, aí sim poderemos enxergar.
Beijos com carinho e colorida quarta prá ti.
Cleo

M. Nilza disse...

Vou assistir com calma e volto. Passei meio rapido aqui para desejar-lhe bom dia!
beijos

silvioafonso disse...

.

Quando eu não chego aonde tu estás, eu dou de cara com a sombra que escurece forte nos teus pés para dizimar, além de ti, num cinza pálido esbranquiçado.
Gosto, não nego, de ficar sabendo por palavras escritas ou faladas dos resmungos jogados ao vento como confete e serpentina em um salão de festa.
Eu não entraria na chuva com a intenção de ver molhado o meu penteado, mas vou ao teatro para rir ou pra chorar. Num acidente de percurso eu seco os fios loiros esmaecidos dos meus cabelos, mas não seco o riso, nervoso de cujas lágrimas viu molhar.
Canta, cara, mas me encante com o canto que cala a minha voz!

silvioafonso.





.

Simple Me disse...

INEVITÁVEL falar dela, pensar nele, refletir sobre sua verdade. Susan Boyle virou um case e em breve estará em meu blog também. Adorei as palavras que traduzistes o ocorrido. Pouco importa o passado e o futuro. O que importa é o presente que ela se deu!
Adorei aqui...
Beijos!

blog do dudu santos disse...

A vida, a vida!!Pessoas são hipócritas, sempre tem uma que rompe a barreira, este é um belo exemplo.bjo do artista...em qualquer tempo..

Bruno Alves disse...

Ola ,estou repassando um selo para vc.

da uma passadinha no meu blog pra pegar

Beijoos

Fabricante de Sonhos disse...

"Ela soube sonhar seus sonhos sem pressa"

Adorei esse post!
A letra é linda, mas essa frase que escrevi acima é a que levarei comigo.
Preciso aprender a sonhar sem pressa, para meu próprio bem.
para que os sonhos tenham a possibilidade de serem reais, de algum modo...

Lindo, lindo tudo aqui!

Tenha um ótimo final de semana, viu?

Apareça!

Fica com um beijo meu!

Fabricante...

Eu disse...

É verdade... julgamos as pessoas pela aparência. São os olhos do preconceito que usamos no dia-a-dia. Feio, né?
Mas temos que nos conscientizar, que também somos julgadas e condenadas no nosso dia-a-dia, por estes mesmos "olhos".
Adorei seu post!
Beijinhos
Elida

Sonia Schmorantz disse...

Como sempre mais um bom texto para refletir...a pressa faz com que a gente veja as coisas sempre por cima, sem analisar com mais profundidade, por isso tantos enganos...
beijos e bom final de semana

citadinokane disse...

Gostei de ler o teu post.
Tocaste no cerne da questão, prestar atenção... Muito cuidado, sem precipitações.
Beijos

' Joseαne Costα* disse...

' Lindo post, como sempre belas palavras...

Que você tenha um ótimo final de semana^^

bjoo's no ♥

Josy*

Princesa disse...

O fluir da vida pode trazer
furacões, terremotos e outras calamidades,
mas, quando o Amor existe,
atravessamos todas elas
com um sentimento de invulnerabilidade.

bom fim de senana
um beijo

Ademerson Novais disse...

Sim amiga ainda vemos a embalagem como se esta dissesse todo o conteudo.... não é assim...nunca sera assim....temos que aprender a ver o interior..a destampar...e ver o que esta lá dentro antes de dizer que não é bom...que é ruim..temos que parar de deixar que a caixa é melhor do que esta dentro.....vc trouxe o que realmente existe dentro de nós..nos alertou...para algo que devemos trabalhar para que não perdure mais...


Obrigado pela visita...
Ademerson novais de Andrade

Uma aprendiz disse...

Esse foi um grande exemplo que devemos praticar sempre.
Nós vemos, não enxergamos.

Enxergar é um aprendizado de anos.


beijos

Anônimo disse...

ler teu blog...sempre é estar perto de vc,de alguma forma,é estar perto do teu coraçao.É orgulhosamente dizer que ja tive contato com alguem,verdadeiramente e HUMANAMENTE gente!!!..vc amada,sempre vc!!beijo no coraçao.
distancia nunca significou ESQUECIMENTO

Cris disse...

Sou suspeitíssima para dizer, mas lições de vida como essa é que fazem valer a pena levantar todos os dia para enfrentar a realidade.

Ir atrás do sonho, parace quase sempre muito difícil, mas se valendo de exemplos como de Boyle, e até mais próximo de nós brasileiros, de um certo Maestro... notamos que realmente tudo é possível desde que haja determinação.

Bjs.
Até.

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin