maio 15, 2010

Contando os minutos



Faz dias que conto o tempo em mintuos,
Perdi a contagem, mas não perdi a noção do tempo,
Tempo que teima em passar lento em tua ausênicia,
Que voa depressa em tua presença.

Tinha jurado que isso não mais aconteceria,
Que de saudade não mais sofreria,
Juramento em vão.
Quem é que consegue mandar no coração?

Agora conto novamente os minutos,
Quero o tic-tac dos minutos decrescente,
Como em conto de fadas,
Espero você voltar bem antes das doze badaladas.

Mesmo que a carruagem volte ser abóbora,
Que os cavalos brancos deem lugar aos camundongos,
Mesmo que meu sapatinho  de cristal não tenha nada.

Volta logo meu príncipe,
Quero amar-te, durante o dia,
Durante a tarde... até chegar a madrugada.

9 comentários:

silvioafonso disse...

.

Eu não tenho medo de ti, timorato
tempo, nem a covardia das armas
tuas. Dê-me, pelo menos, o
direito de fazer surgir o dia ao
invés de mata-lo com o envelhecer,
como fazes com o inimigo.

silvioafonso







.

Garota Misteriosa disse...

Faz um bom tempo que ñ sei o que é ter essa saudade de quem amamos....

Mas lindo poema...Lindo mesmo!

Sobre o doce, uma mulher tão linda dessa, claro que pode pelo menos nun domingo de tarde comer um Petit Gateau.

Obrigada por sua visita :)

Dama de Cinzas disse...

Saudade é coisa que me angustia! Mas quando ela é por um amor, vale à pena!
Beijocas

Geandria disse...

Oi! Estou divulgando meu blog! É sobre Mulheres, meninas e tals, segue ele?! Please! Eu sigo e comento o seu, se gostar divulga!? Obg! Bjos
Gih ;)

http://fragmentosdopensar.blogspot.com/

Detalhes: É bem sobre o dia-a-dia de alguém que tem 17 anos, alguns valores insubstituíveis, um coração e mente abertos, milhares de segredos revelados no blog, muita sinceridade apesar de medo, e uma ENORME e incorrigível fascinação pelo ser feminino, me surpreendo comigo sempre e adoro observar e compartilhar com mais Mulheres/Garotas...
Espero que goste! Gostei e vou acompanhar o seu! bj de novo!
Geandria

Rubi disse...

Gostei do novo visual. Um beijo

Menina do mar disse...

Que bom estar aqui e ler-te, como é bom quando é assim... como se estivessemos em casa!
Bjos

Hellen Rêgo disse...

Nossa!
Tdo mundo de casa nova e até fotinho no perfil...
Que lindo!

Mari (Pedra de Alquimia) disse...

Flor,

Nova cor. Gostei. Cor da madrugada para amar o príncipe até o amanhecer...

Bjs

Anônimo disse...

há horas que parecem horas
e outras que parecem mais
umas são sempre demoras
outras são quase irreais

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin