dezembro 16, 2006

São Tantas Emoções

Antes de qualquer perguntar, aqui vai à resposta:
Sou BREGA sim e muito.
Eu amo Roberto Carlos, não deixo de ver o especial de final de ano por nada do mundo. Ele é o meu REI, ALCIONE minha rainha, ELIS REGINA minha diva e ANA CAROLINA minha princesa.
Nos últimos anos eu assisti, estava tão triste, ele sofria com a morte da esposa e era evidente o sofrimento, a dor.
Mas o show deste ano foi formidável, lindo, lindo, lindo.
Falar de Roberto Carlos é quase que impossível, ele não é só o REI de tantas emoções, ele é um ser humano especial, sabe a verdadeira essência da palavra amor.
Quem teve ou tem um grande amor na vida, com certeza tem uma música dele para lembrar.
Fiquei tão feliz, ele renasceu, até brincou quando falou da depressão e do TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo), disse que a terapia esta surtindo efeito, até cantou a música “Negro Gato”.
Não há como eleger uma única música como favorita do repertório do REI, aqui vai um pouquinho de algumas das muitas que me encantam.

Eu te proponho
Nós nos amarmos
Nos entregarmos
Neste momento
Tudo lá fora deixar ficar

Nos lençóis macios
Amantes se dão
Travesseiros soltos
Roupas pelo chão

A boca ainda úmida de um beijo
Tocou maliciosa no meu rosto
E murmurou palavras de desejo
Queimando a minha pele como fogo

Vou me perder de madrugada
Pra te encontrar no meu abraço
Depois de toda cavalgada
Vou me deitar no seu cansaço

Quero estar na maciez do toque dos seus dedos
E entrar na intimidade desses seus segredos
Quero ser a coisa boa, liberada ou proibida
Tudo em sua vida

Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito, muito tempo em sua vida eu vou viver
Não, não adianta nem tentar me esquecer.

Se chorei
Ou se sofri
O importante
É que emoções eu vivi

5 comentários:

Emilia disse...

RC tem muitos fans aqui também.Poemas bonitos. E ele deve ser uma pessoa muito especial.

J@de disse...

Dessas aí que vc botou a minha predileta é Cavalgada... mas eu gostava das músicas dele até meados dos anos 80, depois eu deixei de gostar...
O especial desse ano eu não vi porque estava no show da Simone com Zélia Duncan (foi uma boa troca), mas quando eu soube que ele ia cantar com Leozinho, eu sabia que ele estava mudado... hehehehe!!

rodrigo disse...

Eu gosto do RC. É brega, mas é uma breguice sincera, tem um viés de otimismo com a vida que é raro de encontrar na alma de brasileiro, que quase sempre varia entre a sacanagem e a depressão profunda. Ruim mesmo é a breguice escrachada, como a de Reginaldo Rossi. Agora, Elis Regina não é brega. É depressivo. Qualquer música dela tem um efeito devastador.

Bibi Smith disse...

Esfinge, Emoções é, na minha opinião, inigualável, incomparável. É a única música que tem o condão de elevar nossos espíritos a uma dimensão onde tudo é azul e as lágrimas afloram naturalmente, conseqüência lógica do efeito avassalador que RC impõe cada vez que entoa esses versos.
Brega? Não sei. Só sei que quem nunca chorou ao som de Emoções deve ser muito infeliz.
Um beijo!
Ah! Conto aqui um segredo nem tão secreto assim: o Cireneu idolatra Alcione, assim como você!

Segredos da Esfinge disse...

Bibi,
Você disse tudo, realmente "Emoções" vai além da vida, eu posso me considerar "feliz" já chorei e muito... não só com "Emoções".
E falar da Alcione então, já imaginou ela cantando com o Rei??
Ficaria lindo.
Beijinho

O Que Sou:

Um misto de:
Fracasso e conquista,
Coragem e medo,
Brutalidade e fragilidade,
Vida e morte, mulher e bicho,
Sonhos e pesadelos.
Sou um fio de esperança.

"Um misto de fracasso e de conquista.
Um medo transmutado de coragem.
Tão frágil como a rosa que se avista.
Brutal no cinzentismo da paisagem.
Assim mulher e bicho me retrato.
Mesclando o pesadelo com o sonho.
E vivo de incertezas... e me mato.
Num fio de esperança que reponho."
(Jorge)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin